Prosimetron

Prosimetron

quinta-feira, 18 de agosto de 2022

quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Boa noite!

O Meu Verão em Provença



Um filme baseado num livro de Marcel Pagnol, que li há uns anos, Le temps des secrets. Na altura gostei bastante deste livro autobiográfico sobre as férias do escritor e cineasta na Provença; agora também apreciei esta adaptação do livro ao cinema. Mas o título devia ter sido traduzido por O Meu Verão na Provença.

Marcadores de livros - 2307

O marcador acima é comu no reverso de todos os aqui apresentados.
Estes marcadores sobre o comércio de proximidade, em Barcelona, vêm no seguimento de Marcadores de livros - 2270. Muito bonitos e belíssima ideia. pelo emnos as crianças que fizeram os desenhos tiveram de pensar um pouco no comércio local.

Obrigada, Goretti!

terça-feira, 16 de agosto de 2022

Boa noite!

 

Jardins - 51

No Jardim do Palácio Pimenta (Lisboa, Campo Grande):

Lago
Antigo tanque com azulejos.

Marcadores de livros - 2306

Hoje é dia de marcadores recortados:




Versos e reversos. Só o capitão Trovão é igual dos dois lados. O redondo tem um recorte para entalar na folha do livro.

Com agradecimentos a Goretti, Montse, Domènec e Paula G. 

segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Os meus franceses - 901

 

Marcadores de livros - 2305


Não há marcador (em cima, verso e reverso) sobre Viana sem esta canção de Amália:

Para ler - 11

Paris: Le livre de poche, 2015 

Nunca li nada de Adrien Goetz (1966) que é historiador de arte e diretor da biblioteca do Museu Marmottan. De entre os seus romances, tem uma série de policiais, protagonizados por uma dupla, Penélope, conservadora de museu, e Wandrille, o seu companheiro-jornalista. 
Depois de Bayeux, Versalhes e Veneza, neste livro, Penélope está em Giverny. A nossa conservadora-detetive assiste a um jantar no Museu Marmottan-Monet, durante o qual conhece dois estudiosos da obra de Claude Monet. No dia seguinte, uma freira desapareceu, enquanto a outra, uma americana, foi encontrada degolada. Wandrille está no Mónaco, a fazer a cobertura do casamento de Alberto e Charlene. No principado também se prepara a venda de um quadro de Monet. Verdadeiro ou falso? É isso que vou saber quando ler o livro porque ele já vem a caminho.

domingo, 14 de agosto de 2022

Os meus franceses - 901


 

Marcadores de livros - 2304

No Dia Mundial das Lagartixas, mais uns lindos marcadores feitos pelo Pini, a quem agradeço 

Os loucos anos 20 em Lisboa


No Palácio Pimenta (Museu de Lisboa) está patente esta exposição até 11 de dezembro, das 10h00 às 18h00. Aos domingos até ás 14h00 para os residentes em Lisboa.
Vão ver que a exposição é muito boa e está muito bem montada.

Stuart Carvalhais, 1924
Perspetiva geral do Bairro Social Arco do Cego, 1919
Arq. Adães Bermudes
A primeira pedra do Bairro Social Arco do Cego foi lançada em 27 abr. 1919, mas o bairro só foi inaugurado em 10 mar. 1935.

Planta do Bairro do Restelo.
Arq. Porfírio Pardal Monteiro, 1921.


Planta geral da rede do serviço de carros elétricos.
Rádio com antena Radiola-16, 1924.

Frigorífico General Electric.
Máquinas fotográficas.

Este edifício, no início da Rua D. Pedro V, esteve previsto para ser hotel e um casino. Hoje pertence à Misericórdia.




O bailarino Francis Graça. Fotos de Manuel Alves de San Payo, ca 1925.


Roleta do casino da Ericeira, anos 1920.




Aguarelas de Stuart Carvalhais, 1927
Cartaz da autoria de Fred Kradolfer, 1928.

O fim de uma era e o início de outra que não deixou boas recordações.