Prosimetron

Prosimetron

sábado, 10 de setembro de 2016

Hospital das Bonecas: Museu

Ontem fomos ver o museu do Hospital das Bonecas, na Praça da Figueira em Lisboa. Acho-o mais apropriado para meninas ou para pessoas mais velhas que podem ali encontrar brinquedos dos seus tempos. Pelo menos os meus netos não acharam muita graça. Gostaram de um jogo de basquetebol que estava à venda e que eu tive. Tem feito grande sucesso. Não sei quantos dias vais durar.

Igual a este mas em verde.

Verso e reverso do bilhete de entrada no museu, que é um marcador.

8 comentários:

bea disse...

Hummm...já sou velha e também não lhe acho grande graça.

maria franco disse...

O espaço parece-me muito pequeno para tanta quantidade de
brinquedos. Concordo que as crianças de hoje, não sintam
qualquer interesse por bonecos, que nada lhes diz em relação
aos actuais. Na verdade só os mais velhos se lembram deles.
Dei vários brinquedos bem antigos e ainda terei de os ir ver
como estão. Achei preferível esta opção, a saber que iriam
direitinhos para um contentor.A memória faz parte da vida
e se apenas uma pessoa gostar, já valeu a pena.
Boa noite.

Mª Luisa disse...

Não acredito ter estado tantas vezes nesta praça e não ter visto...É interesante.
O marcador já o vira noutro blogue. É giro.
Algumas bonecas sempre me deram como..." inquedanza" sempre a fitarem para ti...
Boa noite!

Luisa

bea disse...

Maria Franco

No caso de um museu, lugar que exige gastos contínuos, não basta haver uma pessoa a gostar. Se fala na importância da memória já concordo um bocadinho mais. Mas o museu do brinquedo existe há muito ano...e é bem interessante.

Justa disse...

¡Qué marcapáginas tan bonito!! Lo tendrás en la caja de los especiales...

Tienes razón: estos Museos del juguete son más para reavivar los recuerdos de gente de cierta edad, que para disfrute de los más pequeños.

Un abrazo.

Justa

MR disse...

Embora em pouco espaço, concordo que é melhor este a não haver nada. Pensei, quando saí, é se a CML não poderia disponibilizar um espaço maior para que seja apresentado convenientemente. E gostaria de saber o que aconteceu ao espólio do Museu do Brinquedo de Sintra que estava muito bem apresentado, embora também já estivesse um pouco apertado. Era uma coleção particular, mas recebeu ofertas de particulares que nunca pensaram que o museu encerrasse as portas.
A ideia de o bilhete ser um marcador de livros é boa.
Bom dia para todas.

MR disse...

Luisa, o museu é relativamente recente; o Hospital das Bonecas é que já ali está há dezenas de anos. A minha filha já recorreu aos serviços 'médicos' dele para colocar uma cabeleira numa boneca antiga.
Abraço.

Isabel disse...

Eu sou das que gostam e tenho muita vontade de ir ver, mas ainda não calhou.

Estive à porta do Museu do Brinquedo, em Sintra, no último dia em que esteve aberto ao público. Queria ir ver, mas como as pessoas que estavam comigo não tinham interesse , acabei não indo, decisão de que logo me arrependi. Mas já não havia nada a fazer!

Ofereceram-me esse marcador, há tempos. Creio que o coloquei no blogue. É muito bonito:)

Boa tarde:)