Prosimetron

Prosimetron

sábado, 22 de fevereiro de 2020

Boa noite!



Os meus franceses - 750

Jean Daniel morreu na quarta-feira. Fundador de Le Nouvel Observateur e seu antigo diretor, revista onde escreveu 55 anos.
Manuela Goucha Soares escreve no Expresso sobre ele.


Marcadores de livros - 1549

O 2.º, 3.º e 4.º da esq. para a dir., bem como os dois de baixo, são do Cabo de S. Vicente (Sagres). 
A foto do úlimo marcador é da autoria de Michael Howard.

Rembrandt y el retrato en Ámsterdam, 1590-1670


O Museu Thyssen (Madrid) apresenta, pela primeira vez em Espanha, uma exposição dedicada à faceta de Rembrandt como retratista, um género no qual o pintor mais importante do século XVII holandês se destacou. Junto a 39 retratos, apresentam-se destacados exemplos de outros artistas ativos como ele em Amesterdão no «século de ouro» holandês, num total de 80 pinturas e 16 gravuras.
Quando Rembrandt chegou a Amesterdão no início da década de 1630, havia já na cidade retratistas como Thomas de Keyser ou Frans Hals, que habitante na cidade de Haarlem mas que tinha cleintes na então capital. Depois de Rembrandt, chegaram outros como Bartholomeus van der Helst, atraídos pelas possibilidades de negócio.
Esta exposição, comissariada por Norbert E. Middelkoop, conservador do Museu de Amesterdão, permite descobrir a variedade e qualidade destas obras e saber as historias que existem por detrás dos personagens retratados: casais, artesãos trabalhando, meninos, eruditos, homens de negócios, los próprios pintores, assim como retratos de grupo.

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Os meus franceses - 749

Graeme Allwright, cantor francês de origem neozelandesa, faleceu no dia 16 de fevereiro.

Da vinheta

Uma vinheta triste , esta que assinala a morte do Vasco Pulido Valente, de quem li tantos ensaios e tantas crónicas.
Nem sempre de acordo , mas sempre a admirar o brilhantismo da escrita.

Marcadores de livros - 1548

Marcador-postal de um livro da autoria de Reinas e Repollos, pseudónimo de Carla Rendón e Jessica Ruiz. Leia mais sobre este livro aqui.

Com um agradecimento à Luisa.

Ephemera no Barreiro



quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Boa noite!


Musas Insubmissas


Em meados dos anos 70, a atriz Deplhine Seyrig, a tradutora Ioana Wieder e a realizadora Carope Russopoulos rodaram e produziram uma série de vídeos que lançaram sob o nome de Les Insoumuses
A exposição que se encontra no Reina Sofía de Madrid até 23 de março inspira-se no impacto que a video-arte teve naquela década, lançando um olhar pela história do movimento feminista francês, protagonizado por artistas da estatura destas «musas insubmissas». Jane Fonda, Babette Mangolte, Etel Adnan ou Simone de Beauvoir estavam entre as amizades de Deplhine Seyrig. Todas com centenas de outras mulheres criaram um movimento denso e crítico que ultrapassou fronteiras. 
A exposição Musas Insumisas. Delphine Seyrig y los colectivos de vídeo feminista en Francia en los años 70 y 80 apresenta muitos documentos fílmicos, vídeos, peças artísticas e materiais de arquivo, que convidam a refletir sobre as questões que o movimento feminista trouxe à discussão na época.


Marcadores de livros - 1547

Dois marcadores-postais da Impedimenta. Não sabia que Louisa May Alcott tinha escrito um livro sobre Fruitlands, a comuna agrária que os pais criaram em Harvard. Fiquei com imensa vontade de o ler.

Obrigada, Luisa.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Boa noite!


Da vinheta


Este luxuoso " Diamonf Princess " , ancorado no porto japonês de Yokohama, com os passageiros sequestrados nas suas cabines é o terrível símbolo do que estamos a viver com o Covid-19, ainda não uma pandemia mas com 2 mil mortos desde ontem e mais de 70 000 infectados.
A viagem de sonho transformada em filme de terror, a globalização das viagens e das doenças ...

Humor pela manhã



Podia ser a propósito de um julgamento muito mediático, especialmente se é verdade que a acusada foi a um astrólogo antes de tudo acontecer ...

Bom dia !

Marcadores de livros - 1546

Marcadores da editora galega Cuarto de Inverno - belo nome! -, respeitante aos livros:


Obrigada, Luisa!

Rodin-Giacometti


Apesar de estarem separadas por mais de una geração, as trajetórias criativas de Auguste Rodin e Alberto Giacometti oferecem paralelismos e disparidades que se mostram pela primeira vez na exposição que se encontra na Fundação Mapfre em Madrid até 10 de maio. 
Através de cerca de 200 obras, Rodin-Giacometti mostra como os dois criadores conseguiram, nas épocas em que viveram, modos de aproximar-se à figura que trazia uma nova visão, pessoal mas ligada ao seu tempo: Rodin no mundo anterior à Grande Guerra, Giacometti no entre as duas Guerras e pós II Guerra Mundial.
Esta exposição já esteve noutros locais.


terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Boa noite!


Mulherzinhas

Uma belíssima adaptação do romance de Louisa May Alcott. Fui ver o filme uma tarde da semana passada e a sala tinha bastante público, que era só composto de mulheres, nenhum homem. :-)

Marcadores de livros - 1545

Fra Angelico - Adoração de um Anjo
Paris, Museu do Louvre

Obrigada, Jad!

Fra Angelico - A Virgem da Romã
Madrid, Museu do Prado
Fra Angelico - A Anunciação, 1425-1426 
Madrid, Museu do Prado

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Boa noite!


Pacotes de açúcar - 209

Estes pacotes regressam ao blogue, mas desta vez com a coleção «Descubra o que é nosso» completa, graças ao Jad.


Au rivage de Bruxelles. Mutations d’un quartier de Molenbeek

Esta exposição examina as mudanças urbanísticas da avenida Léopold II e do canal em Molenbeek. Combinando fotografias, plantas e materiais de arquivos, ela oferece-nos uma visão do passado industrial e das mudanças ocorridas neste emblemático bairro da cidade. 
Em 1991, funcionários do Ministério da Comunidade Francesa estabeleceram a sua nova sede na avenida Léopold II. Entre eles, Pierre Wanlin observa aborrecido que o novo prédio substituiu os edifícios industriais da grande empresa de carpintaria e construção geral De Waele, que esteve no bairro quase 100 anos. Nesta mudança urbanística, outros complexos de escritórios foram construídos e foram apagando gradualmente a memória dessa comuna, ao mesmo tempo burguesa, industrial e popular. 
Anos depois, Pierre Wanlin faz-nos redescobrir o bairro da Porte du Rivage e os transtornos urbanos ocorridos através de fotos antigas e atuais. Estas mostram um mundo praticamente desaparecido, que interpelará todos os apaixonados dessa rica herança industrial. 
A exposição pode ser vista em La Fonderie até 22 de março.


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Boa noite!

De um CD que recebi do outro lado do Atlântico.

Um quadro por dia - 478



Uma tela do sul-africano Jacobus Hendrik Pierneef ( 1886-1957 ), um dos grandes paisagistas do seu país. É de 1920 este Boababs com as Soutpansberg ao longe, óleo sobre madeira.
À venda hoje, na Piasa da Cidade do Cabo.

Para namorados e não só



Talvez não ao pequeno-almoço, mas quando apetecer : mil-folhas do amor, da Lenôttre. pistáchio e framboesa de um lado, baunilha do outro.

lenotre.com

Bom dia !

Arco-íris


No Dia de São Valentim.

Quinta Alegre - 9

Encerramos hoje as pinturas murais da Quinta Alegre, com a sala dos cortinados, dedicada ao cupido.


Marcadores de livros - 1542


Verso e reverso de um marcador recortado em forma de coração.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Boa noite!

Hoje é dia de música italiana.

Os meus "italianos"

"Fai rumore", ou seja "faz barulho", é o título da canção vencedora da 70ª edição do Festival de Sanremo que terminou sábado passado. Um tema que nos fala da incomunicabilidade numa relação, intrepretado por "Diodato".

Cinenovidades





1973, no paraíso perdido que era o Ruanda, país das mil colinas, mas onde já se faziam sentir as tensões entre hutus e tutsis que descambaram no que sabemos.

Atiq Rahimi, também ele escritor, adapta a obra de Scolastique Mukasonga,

Da vinheta


O " gene da pintura " passou de Fernanda Matos e Silva, aluna de Raquel Roque Gameiro, para a sua filha Emília, que agora expõe , a partir de amanhã, no Centro Cívico Edmundo Pedro.
A descobrir ou redescobrir.

Lá fora - 375







Inaugurada há dias uma exposição no Musée Bourdelle, em Paris, dedicada ao escultor dinamarquês Niels Hansen Jacobsen, que fez a transição do séc. XIX para o XX, e cujas obras têm muitas vezes como motivo o troll, figura mítica escandinava. Até 31 de Maio.

Marcadores de livros - 1540

Quatro marcadores e um postal dos quadros de Pieter Brugel, Doze feitiços em placas, 1558
Antuérpia, Museu Mayer van den Bergh