Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 3 de janeiro de 2015

A seguir com atenção

O jornal inglês " The Independent", nas notícias tópicas de fim do ano, indica 12 personalidades, em vários campos, que devem ser seguidas neste novo ano. Uma delas é a de um luso-guineense, primeiro bailarino do Royal Ballet desde 2012 e com apenas vinte anos, Marcelino Sambé, que estudou no Conservatório de Lisboa e na Royal Ballet Upper School.  De facto, excelente. Só que entre nós só se costumam seguir futebolistas ou políticos e os artistas, que não sejam de música ligeira ou pimba,  passam completamente despercebidos do grande público, até que do estrangeiro nos chamem a atenção.

 
ty  

Ao nível das capitais europeias


 
Com a falta de dinheiro que graça por cá, tenho-me roído de inveja de Madrid, Paris ou Londres, de onde vou recebendo notícias de excelentes exposições nos seus museus, estatais ou particulares. Noutros tempos - de "maior liquidez" - ia lá vê-las. Agora...

 
Mas nos últimos tempos Lisboa, pelo menos, tem-me proporcionado essa necessidade de ver o belo e abstrair-me destes tempos cinzentões. A Gulbenkian, com certeza e como sempre, mas também e sobretudo o Museu de Arte Antiga que tem exibido colecções interessantíssimas. Pelos vistos não é só uma questão financeira, mas da qualidade de quem está à frente do nosso principal Museu. Faço aqui a minha vénia ao Prof. Doutor António Filipe Pimentel, director do MNAA.

Fui hoje ver a exposição da Colecção Franco Maria Ricci, FMR, designer, editor e bibliófilo italiano que nos anos oitenta começou a reunir uma importante colecção de arte, pintura e escultura, que vai do século XVII ao século XX. Antecipando a inauguração do museu que a reunirá numa sua propriedade em Parma, cem peças vieram a Portugal para o MNAA. Uma beleza! Ainda pode ser vista até 12 de Abril. Aconselho a sua visita.

Boa noite!

Purcell era um dos músicos preferidos de Turner
Turner - Dido e Eneias. Quadro exposto em 1814
Londres, Tate
Neste quadro, Turner representa o florescer do amor entre Dido e Eneias, quando eles partem para caçar na floresta. 

Ano 2015, ano Gourmet

Chá e compotas da 6 meia-dúzia




Boa tarde!

Uma Senhora Herança

Quando fui ver Mr. Turner (que recomendo), vi a apresentação de dois filmes que espero ver: um é este; o outro, mostrarei amanhã.
Parece-me que o ano começa bem, quanto a exibições de cinema.

Atual...

«O imperialismo dos gramáticos dura mais e vai mais fundo que o dos generais.»
(Cit. por Richard Zenitn, na sua Fotobiografia de Fernando Pessoa)

Grande Guerra - 23

Versão inglesa do catálogo da exposição

«Guerra e Roupa - Ilustrações de Moda na I Guerra Mundial» é o título de uma exposição que se encontra patente na Kunstbibliothek, em Berlim, até 18 jan. 2015. 
A exposição apresenta o que se vestia na época da I Guerra Mundial, apresentando-o como um prenúncio dos anos 20 que trouxeram alterações no vestuário das mulheres, como o fim das saias longas dos espartilhos. No centro da exposição, podem ver-se exemplos de moda avant-garde, acompanhados de revistas, cartazes e publicações europeias da década de 1910.
Não vi nem verei esta expo, mas tenho pena, porque a avaliar pelo catálogo, deve ser magnífica.

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Boa noite!

Este ano, do outro lado do Atlântico, chegou-me um cd desta artista.

Stollen

As bolachinhas já marcharam todas: sie waren sehr gut
E o que está dentro do embrulho?

Stollen, de que já comi uma fatia e está delicioso. 

Com um agradecimento a HMJ. :)

Humor pela manhã


2015, visto por André Carrilho.

Pensamento ( s )

( Antígone, Frederic Leighton, 1882, óleo sobre tela )

(...) Nós, ocidentais, fomos forjados nesta tensão entre Cristo e Maquiavel, entre Jerusalém e Roma, entre Antígona e Creonte, entre amor e dever, entre família e pátria. A nossa lealdade estará sempre dividida entre estes dois polos antagónicos. (...)

- Henrique Raposo, no Expresso do passado Sábado.

Arrumando livros - 4

Esta coleção Contexto & Imagem foi das melhores coleções de literatura infantil que se editaram: bons autores, tradutores e ilustradores. Muitos dos contos apresentados não foram escritos para crianças ou jovens.
Faltam-me poucos números: tenho do 1 ao 18, 21, 23 e 26. Até ao n.º 18, foi editada num formato pequeno; depois num tamanho gigante que não aprecio, nem para ler, nem para arrumar.
Reproduzo as capas dos n.ºs 1, 4, 5 e 23 (este livro já tinha saído na col. com o n.º 9).

Marcadores de livros - 212


A flor é recortada, de uma matéria plástica. 
Um presente de Natal, com um agradecimento a quem mo ofereceu.

Um calendário de Mucha de 1897

Infância
Juventude
Idade adulta
Velhice

Bom dia !





Os meus votos, com este " clássico " de há 35 anos.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Boa noite!

A nossa vinheta

Com o passar do tempo, com a europeização, Portugal vai perdendo as suas tradições seculares que, sobretudo, pertenciam e pertencem ao Povo. É no mundo rural que muitas ainda se mantêm, contra ventos e marés. Uma delas é "Cantar as Janeiras", que remonta a rituais romanos de doações durante as Saturnais e que foram cristianizadas, com grupos que percorrem as casas duma povoação cantando e pedindo os restos da ceia de Natal, sobretudo os doces. Em algumas zonas, quando eram mal recebidos, cantavam então canções de chacota improvisadas sobre as pessoas da casa, o que ainda de mantém em alguns lugares do Algarve, em especial no Sotavento. Esta tradição que é acarinhada, felizmente, pelas autarquias, decorre entre 1 de Janeiro e o dia de Reis.

Marcadores de livros - 211

Um conjunto de doze marcadores de Roma para o ano de 2015. Apresento a capa e a contracapa, com os doze marcadores reproduzidos.

Obrigada a quem mo ofereceu.

Veuve Clicquot

Nunca tinha visto o retrato da Veuve Clicquot, que nasceu Nicole-Barbe Ponsardin, em16 de dezembro de 1777. Em 10 de junho de 1798, casou-se com François Clicquot, o qual faleceu em 23 de outubro de 1805, deixando-a viúva e no controle da casa de vinhos. Madame Clicquot, veuve Clicquot, morreu em 29 de julho de 1866, deixando uma marca de champanhe muito conhecida. E boa.

Léon Cogniet - Retrato da Veuve Clicquot e da sua bisneta Anne de Rochechouart de Mortemart, ca 1860-1862
Château de Brissac

Pintura de Ann-Marie Graves

E umas taças para brindarmos ao Novo Ano:

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Bom Ano Novo!





Should auld acquaintance be forgot,
And never brought to mind?
Should auld acquaintance be forgot,
And auld lang syne!

For auld lang syne, my dear,
For auld lang syne.
We'll tak a cup o' kindness yet,
For auld lang syne.

And surely ye'll be your pint stowp!
And surely I'll be mine!
And we'll tak a cup o'kindness yet,
For auld lang syne.
For auld &c.

We twa hae run about the braes,
And pou'd the gowans fine;
But we've wander'd mony a weary fit,
Sin' auld lang syne.
For auld, &c.

We twa hae paidl'd in the burn,
Frae morning sun till dine;
But seas between us braid hae roar'd
Sin' auld lang syne.
For auld, &c.

And there's a hand, my trusty fere!
And gie's a hand o' thine!
And we'll tak a right gude-willie waught,
For auld lang syne.
For auld, &c.

1788
Robert Burns

Feliz Ano Novo!

Miss Tolstoi pediu-me para partilhar com todos os Prosimetronistas as seguintes mensagem e imagens.

Feliz Ano Novo!
Com este champanhe especial e uns chocolates belgas, desejo a todos um Bom 2015,
Miss Tolstoi


Preparando a mesa...

Gottfried Schultz - Natureza morta com frutas e champanhe
Col. particular

O champanhe parece ter ficado associado às festividades reais francesas a partir de 496, data provável do batismo de Clovis em Reims. Contudo, o consumo deste vinho que, na sua origem, não era gasoso, só se desenvolveu a partir do século XVIII graças aos ingleses e aos alemães. 



Gulodices

Azevias 
Sopa dourada
Pudim Abade de Priscos, de forma estranha. :)

Votos de Feliz Ano Novo!

Para todos um


(Imagem cortesia do Google)

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Os meus franceses - 368

PARA COMEÇAR O ANO COM ESPERANÇA


La Taula de Canvis apareció durante el reinado de Jaime I El Conquistador (1213-1276). La legislación romana y goda que regían este negocio fue sustituida.
 

Estos son algunos de los artículos de esta legislación bancaria:

 El 13 de febrero de 1300 se estableció que cualquier banquero que se declarara en bancarrota sería humillado por todo el pueblo, por un voceador público y forzado a vivir en una estricta dieta de pan y agua hasta que devolviese a sus acreedores la cantidad completa de sus depósitos.

 El 16 de mayo de 1301 se decidió que los banqueros estarían obligados a obtener fianzas y garantías de terceras partes para poder operar, y a aquellos que no lo hicieran no se les permitiría extender un mantel sobre sus cuentas de trabajo. El propósito de ello era señalar a todo el mundo que estos banqueros no eran tan solventes como aquellos que usaban manteles, es decir, que estaban respaldados por fianzas. Cualquier banquero que rompiera esta regla (por ejemplo, que operase con un mantel, pero sin fianza) sería declarado culpable de fraude.

Sin embargo, a pesar de todo, los banqueros pronto empezaron a engañar a sus clientes.

Debido a esos engaños, el 14 de Agosto de 1321 se estableció que aquellos banqueros que no cumpliesen inmediatamente sus compromisos, se les declararía en bancarrota, y si no pagasen sus deudas en el plazo de un año, caerían en desgracia pública, lo que sería pregonado por voceros por toda el pueblo. Inmediatamente después, el banquero sería decapitado directamente enfrente de su mostrador, y sus propiedades vendidas localmente para pagar a sus acreedores.

 Existen evidencias documentales de que esto se cumplía.

Por ejemplo, el banquero catalán Francesc Castelló, fue decapitado directamente frente a su mostrador en 1360, en estricto cumplimiento de la ley. 

 

A TOMAR NOTA...

Ao fim da tarde...

... há uns dias na Av. de Berna.

Livros arrumados



" Para grandes males grandes remédios ", e já há algum tempo que ( quase ) todo o " policiário " invadiu uma secção do roupeiro : a colecção Vampiro, a colecção Álibi, a colecção Xis, e vários estrangeiros, fazem companhia às camisas :)

Como vê, M.R., compreendo a sua luta :)

Números


200 000

O número de casas em Portugal com instalação de tv pirata. Outra faceta do empreendedorismo ...

Arrumando livros - 3

São Paulo: Abril, 1970
Este livro (que não foi meu) vinha acompanhado por um disco que já não existe.