Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 7 de setembro de 2013

Casa de Bonecas

A casa das Bonecas é uma das peças atrativas do Rijksmuseum. Existem três casinhas em exposição. É difícil encontrar um espaço vazio. 
Os pormenores dentro da casa são deliciosos: a pintura, os móveis, a biblioteca, a sala, o quarto, a cozinha, o quarto de brinquedos, o cavalinho de madeira, a boneca, a louça, as cortinas...
As miniaturas encantam sempre. Ainda hoje gostava de ter uma casa de bonecas assim. 





Pintura de um desconhecido, Poppenhuis van Petronella Oortman, c. 1686.-c.1710
(Imagem retirada do site do museu)

Imagem retirada do site do museu

Boa noite!

Porque hoje me lembrei desta canção, depois de ouvir Anita O'Day no Palavras Daqui e Dali. Parece não ter nada a ver, mas... eu explico: a primeira vez que ouvi Anita O'Day e Joe Cocker pensei que eram negros.

Mais uma, em Paris





Parece-me que esta biblioteca parisiense ainda não foi aqui falada, e merece sê-lo porque é das mais belas. Trata-se da Bibliothèque de l´Assemblée nationale, sediada naturalmente no Palais Bourbon. São " apenas " 600 000 volumes, mas que vão muito para além dos domínios jurídico e parlamentar, e cuja riqueza assenta também nos tesouros franceses e universais que fazem parte do seu acervo: a espada que feriu o general Boulanger num dos mais famosos duelos da história francesa, a máscara mortuária de Mirabeau, uma cópia coeva da sentença condenatória de Joana d'Arc, o projecto da Constituição do Ano I anotado por Robespierre, o manuscrito autógrafo da Marselhesa por Rouget de Lisle, um exemplar precioso do Roman de la Rose, o manuscrito autógrafo de La Nouvelle Héloïse de Jean-Jacques Rousseau .

Onde eu gostava de estar!

Pedindo o título emprestado ao nosso Luís, digo que o sítio onde eu gostaria de estar era em Basel (Basileia, no vulgo português). Acaba amanhã, dia 8 de Setembro, a retrospectiva sobre Max Ernst que está presente na Fondation Beyeler.



Para o jantar ...



No 100 Maneiras de Cozinhar Bacalhau ( 1956, Porto. Livraria Civilização Editora, reimp.2012 ) figura um curiosíssimo " bacalhau à Salazar ", que capta bem o cinismo e a mesquinhez do ditador : trata-se de um simples bacalhau cozido com batatas, apenas temperado com vinagre, sem azeite, " porque, se o bacalhau for magro, não o merece,e, se for gordo, não precisa dele ".

- José Quitério, no Expresso do dia 3 de Agosto de 2013.

Onde me apetecia estar




A edição de 2013 deste festival musical no País basco francês, a decorrer desde dia 5 e até dia 22 deste mês. Com a inevitável homenagem a Verdi e a Wagner, mas também Rossini, Bizet e outros compositores. Os intérpretes são do melhor que há : David Kadouch, Dame Felicity Lott, as irmãs Labèque e Béatrice Uria-Monzon.

www.musiquecotebasque.fr

Citações



Personne ne peut voler l' âme d' autrui si la victime n'y consent pas. La déportation m'a appris ce que pouvait être le sens d'une vie humaine : combattre pour sauvegarder ce filet d'esprit que nous recevons en naissant et que nous rendons en mourant.

- Hélie Denoix de Saint-Marc ( 1922-2013 )

Homem de acção, cujas coragem e dignidade são indesmentíveis, e depois homem da escrita.

À descoberta da música portuguesa antiga

Francisco António de Almeida
Devido às suas origens nobres, recebeu de D. João V uma Bolsa para estudar em Itália.
Entre 1722 e 1726 estudou em Roma, onde publicou duas oratórias, Il pentimento di David e La Giuditta. A 9 de Julho de 1724 participou numa academia organizada por Pier Leone Ghezzi, que na ocasião lhe desenhou uma caricatura, descrevendo-o na legenda como um «jovem, mas excelente compositor de concertos e de música sacra, que canta com extremo gosto».
Regressou a Portugal em 1726, onde se tornou organista da Capela Real e Patriarcal de Lisboa.
Foi professor de piano da Infanta Maria Bárbara de Portugal. Em 1728, a primeira das suas serenatas, Il Trionfo della virtù, foi realizada em Lisboa no palácio do Cardeal João da Mota e Silva. A sua ópera cómica, La pazienza di Socrate, foi realizada no palácio real em 1733. Foi a primeira ópera italiana em Portugal. Para as celebrações carnavalescas, La Finta Pazza estreou no palácio real de Ribeira em 1735.
Crê-se que tenha provavelmente morrido em Lisboa, com o terramoto de 1755.
(in Wikipédia)




Ensemble D. João V
Sandra Medeiros, soprano

Dois cafés

Dois cafés em Trafalgar Square. Muito bons!


Luz

Não consegui apurar se a MR focou anteriormente a biblioteca do Rijksmuseum nos prazeres da alma.  Aqui fica um apontamento. É de facto um espaço de luz e de tranquilidade.

Pormenor da decoração. As fotografias foram tiradas à pressa pois na biblioteca encontravam-se pessoas a trabalhar.

Pormenor que me prendeu o olhar. 
A cortininha de papel tapa a possibilidade da entrada do pó.
Fiquei a matutar...não é especialmente bonito mas...



BOM DIA!

(Modificado às 15:48 horas)

Maigret e a Brasserie Dauphine

A Brasserie Dauphine é referida em muitos livros de Maigret, como sendo próxima do Quai des Orfèvres (foto de baixo). Simenon colocou-a na rue de Harlay, esquina com a place Dauphine, onde se encontrava o restaurante Aux Trois Marchés. Presentemente é o Hotel Harlay (em cima).  
Fotos 3 set. 2013

«As ruas começavam a cheirar a primavera. Na Brasserie Dauphine tinha já sido instalada uma esplanada, e a frase do chefe era um convite para ir tomar tranquilamente o aperitivo, antes de almoçar.» (p. 11-12)
«Maigret telefonou para a Brasserie Dauphine.
«- Alô!... Joseph?… Maigret… És capaz de me trazer dois copos de cerveja e umas sanduiches? Para um, sim…» (p. 14)
«Pararam os dois [Maigret e Lucas] na Brasserie Dauphine para tomar um aperitivo». (p. 99)
«- Quem se oferece para ir encomendar cervejas à Brasserie Dauphine? E sanduiches?
«Era sinal de que começava uma das grandes noites da P. J.» (p. 179)
In: Maigret e o «seu morto» / trad. Lima de Freitas. Lisboa: Livros do Brasil, [1952]

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Boa noite!

Bases de copos - 26

Londres, 30 ago. 2013

Uma grande coleção de bases de copos numa parede de um pub londrino.

Bom dia !

Números

61

Era esta a quantidade de ovos de papagaio que uma mulher, proveniente do Brasil, trazia escondidos à volta da cintura quando foi interceptada há dias no Aeroporto da Portela.
Como vês, caro MLV, o tráfico de aves continua de vento em popa ...

Onde me apetecia estar





Desde 24 de Abril, e até 20 de Outubro, decorre o 22º Festival International des Jardins, no belo Domaine de Chaumont-sur-Loire, o castelo e belos jardins que pertenceram a Catarina de Médicis, a várias outras famílias, e são hoje propriedade regional. Mas não se trata só de apreciar os jardins, mas antes apreciar a criação contemporânea à volta dos jardins, com criadores vindos de todo o mundo e que propõem percursos olfactivos, perspectivas sonoras, flores que se comem etc.
O presidente do júri é este ano Bernard Pivot, e há muitos eventos associados.

Todos os dias, das 10 às 20h. www.domaine-chaumont.fr

Estação de comboios de Aveiro

Estes painéis com figuras estão assinadas Pereira, 1916.
Azulejos da Fábrica Fonte Nova de Aveiro.

No Musée des Arts Décoratifs, - 2


Uma boa exposição sobre o modo artificial como mulheres e homens desenham a silhueta desde o século XVI. Muito interessante.

Na Biblioteca Nacional


Frase da semana



Se o Estado não tem dinheiro, deixe-me em paz, não me aborreça, não me chateie. E eu faço o que posso, vou à China, viro-me.

-  António Sampaio da Nóvoa, reitor da Universidade de Lisboa.

Confesso que não percebi este " vou à China ", ou se calhar é também o Eldorado chinês como último recurso até das universidades públicas portuguesas...


A casa de Maigret

Paris, 3 set. 2013

Simenon coloca a casa de Maigret no 132, boulevard Richard Lenoir. Só que o n.º 132 desta artéria não tem entrada para o prédio. Entra-se para o edifício pela avenue de la République.

«Quando voltou do metro, o boulevard Richard Lenoir estava deserto e os passos ecoavam na calçada.» (p. 19) 
«Verdade seja dita que nem toda a gente frequenta o boulevard Richard Lenoir. 
«Pobre boulevard Richard Lenoir! Porque diabo teria ele tão má reputação? Evidentemente, desemboca na Bastilha.» (p. 48)
In: Maigret e o «seu morto» / trad. Lima de Freitas. Lisboa: Livros do Brasil, [1952]

Por acaso a rua começa na Bastilha e desemboca na República. :)

Humor pela manhã



(...) Havia, porém, um pormenor que me intrigava : nunca largava uma pochette, que transportava debaixo do braço. Durante toda a campanha perguntei-lhe o que trazia na bolsa e ele recusou sempre responder, embora de forma amável (...) Um dia, porém, em que estive a sós com ele ( os jornalistas quase todos ou todos estavam a protestar por algum motivo ), voltei à carga e perguntei :
- O que traz aí, dr.Cunhal?
Ele respondeu que me daria uma prova de confiança se eu jurasse não revelar a ninguém, coisa que cumpri até hoje. E então respondeu, pondo um ar severo:
- Uma bomba!
Fiquei sem saber o que dizer, até que ele, já com um sorriso desconcertante, me mostrou... a bomba de asma que transportava para o caso de ter uma crise.

- Henrique Monteiro, no Expresso do dia 3 de Agosto de 2013.

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Boa noite!

Britten criou um festival em Aldeburgh. No ano do centenário do compositor, o festival ocorreu em junho, tendo sido apresentada uma encenação de Peter Grimes, na praia. Deve ter sido um ESPETÁCULO!...

Uma janela para a Ana

Paris, rue Jacques Coeur, 3 set. 2013

Dou-vos música



Convite
Realizam-se nos dias 11 e 13 de Setembro dois recitais de piano e violoncelo cujo programa será interpretado por  Leonor Dill, ao piano, e Paul-Edouard Senentz, no violoncelo. 
No  dia 11, quarta-feira, o evento terá lugar pelas 18h30m no Palácio dos Aciprestes, em Linda-a-Velha. 
No dia 13 apresentar-se-ão na Sala dos Espelhos do Palácio Fozem Lisboa, pelas 18h00m.
Para ambos os eventos a entrada é livre.
Agradecemos desde já a vossa presença, e a divulgação deste convite pelos vossos amigos.
 Seguem em anexos informações sobre os executantes e sobre as peças que integram o programa a apresentar.

Colaboração: Fundação Marquês de Pombal (Palácio dos Aciprestes) 
e  Gabinete para os Meios de Comunicação Social (Palácio Foz)
Coordenação de Paulo Machado de Jesus
 
 


PROGRAMA

1ª parte:

Beethoven: Variations „Bei Männern, welche Liebe fühlen“ de Mozart „Zauberflöte“ WoO46 (8’)

Schumann: Romances op.94 (11’)

Mendelssohn: Variations concertantes op.17 (10’)

Schumann: Fantasiestücke op.73 (11’) 

(intervalo de 5 minutos)

2ª parte:

Miaskovsky: Cello Sonate no.2 Op.81 (22’)

Uma boa notícia


Quando o consumo cultural consegue fintar a crise é bom. Foi o que se passou com os teatros Maria matos e São Luiz, que tiveram na última temporada mais espetadores. E só no primeiro caso, o aumento foi da ordem dos cinco mil, com o São Luiz a receber mais algumas centenas de espetadores. Já não é mau!