Prosimetron

Prosimetron

sábado, 21 de agosto de 2010

Boa noite!


Na companhia de Janet Baker que nasceu em 21 de Agosto de 1933.

Em português - 21

Boa noite! Com uma das melhores da Né Ladeiras.

S. Frei Gil, o Fausto português

Confesso a minha ignorância, não me lembro – e quando não nos lembramos é como se não soubéssemos – de alguma vez ter “conversado” ou lido alguma coisa sobre este Santo lusitano.
Num livro que hoje esteve nas minhas mãos falava-se do Fausto português... e lá fui até ao Frei Gil de Santarém, ou de Vouzela (Viseu), ou de Valadares.
Fiquei a saber que Eça de Queirós deixou um texto inacabado* sobre este herói lusitano (que pode consultar, clicando aqui ).

(foto em João de Oliveira, Frei Gil de Portugal, 1973, p. 145).

Tampa do túmulo de Fr. Gil (Lisboa, Museu do Carmo) recolhida por Possidónio Narciso da Silva nas ruínas do convento de S. Domingos, em Santarém. As "relíquias" do corpo encontram-se na posse de um descendente colateral na Quinta das Lapas, perto de Torres Vedras.

"Bento XIV em 9 de Maio de 1748 confirmou o aliás nunca interrompido culto de S. Fr. Gil de Santarém ou de Vouzela, às Dioceses de Viseu e Lisboa, à qual, até há pouco, pertencia a actual diocese de Santarém, e à Ordem de S. Domingos. A sua festa era celebrada a 14 de Maio. Hoje, depois da reforma litúrgica do Concílio Vaticano II, celebra-se a 15 do mesmo mês". Cf. São Frei Gil de Santarém

* P.P. 22.40: Uma mão amiga lembrou-me que o texto do Eça, embora incompleto, foi divulgado na obra Últimas Páginas (manuscritos inéditos), pp.337-436.

Praias de Portugal - 5





Estes quatro postais são de fotos de António Passaporte.

Sesimbra pequerruchinha,
tens no mar o teu prazer;
beijas o mar à tardinha
e o Sol te beija ao nascer.
João Paulo Freire (Mário)
In: O Cezimbrense, 18 Nov. 1945



Forte de Santiago.



15 a 23 de Agosto: recordações (III)

ONDE ME APETECIA ESTAR - 37 : Alicudi


Alicudi é a mais ocidental das Eólias, o arquipélago situado a Norte da Sicília banhado pelo Tirreno. Ilha sem multibancos e automóveis, onde se anda a pé ou de burro e mula. Apenas 100 habitantes permanentes, número que aumenta bastante, apesar das restrições supracitadas, no Verão dadas as praias imaculadas e as temperaturas (30º/33º C ). O isolamento é quebrado através do serviço de ferry para as outras ilhas e para vários portos mediterrânicos.

Novidades - 139

Aqui está uma novidade editorial que não me importava de ter. É a resposta à pergunta: como são as casas dos que passam a vida a fazer casas para os outros? Vinte grandes arquitectos mostram as suas casas.

Maisons privées d' architectes, Jean-Louis André e Eric Morin, Éditions du Chêne, Agosto de 2010, €23.

Passeio à beira-mar...

Hoje fazia (ou talvez não - o calor!...) um passeio pelas Cinque Terre (Monterosso, Vernazza, Riomaggiore, Corniglia e Manarola), na Rivieira Ligúria, ali por aquela estrada pedonal que se vê no meio da montanha (a chamada Estrada do Amor, que vai de Riomaggiore a Manarola), descansando e visitando as várias vilas. Há anos fiz parte deste caminho, e só visitei três destas aldeias de piratas. Na altura, pensei que um dia havia de voltar com tempo para fazer o passeio completo e conhecer todas as Cinque Terre. Um passeio deslumbrante!


http://www.casaammiraglio.it/image/cinque_terre.jpg

http://www.destination360.com/europe/italy/riomaggiore
Riomaggiore

http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Italy.Cinque.Terre.Manarola.2.jpg
Manarola


Estas férias, em Itália, ficaram para sempre associadas a esta canção de Vasco Rossi.

Bom dia!

Com Patsy Cline, que a 21 de Agosto de 1961 gravava, ainda de canadianas depois de um sério acidente de automóvel, esta Crazy já antes popularizada por Willie Nelson. Gosto de W.Nelson, mas a voz de Patsy é outra coisa...

Leitaria da Anunciada

Uma leitaria do tempo em que tinham a vacaria atrás.

«A mim, o meu pai, aos domingos, quando eu recolhia ao colégio, não me consentia que entrasse sem emborcar, com um bolo, ou dois, ou três, um copázio de cacau na vacaria da esquina sul do Largo da Anunciada. Recordo-me das vacas, mas não de quantas, do lado da Rua [das Portas] de Santo Antão, e da tabuleta com uma pintada, comum a todas as vacarias da cidade.» (Armindo Rodrigues - Um poeta recorda-se: memórias de uma vida. Lisboa: Cosmos, 1998, p. 66)
Armindo Rodrigues frequentou a Escola Nacional que esteve no Palácio da Anunciada, na R. de S. José frente à leitaria. O palácio é hoje propriedade dos CTT.





Azulejos da Fábrica Lusitânia.

Largo da Anunciada, 1
Lisboa

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Na Rua de S. José



Lisboa, Agosto 2010.

Ondina Braga!

Ando a ler Ondina Braga, uma escritora que descobri há pouco tempo embora conhecesse o seu nome.
Perdi durante estes anos todos a beleza e profundidade da sua escrita. O encontro com o Oriente, as viagens, a percepção cuidadosa das descrições às quais junta a sua alma. É sem dúvida uma grande escritora.
A sua personalidade feminina tem um toque de masculinidade na procura do ser, nas experiências vividas, tirando partido do destino que se lhe apresentara.
Viveu cada momento com intensidade, com inteligência, com a reserva da sua identidade e solidão. Ao mesmo tempo que parece corajosa, desafiadora é também sensível e frágil. Não sei se penetrei na sua interioridade mas até onde entrei encantou-me.
x
"Estavam no salão e o senhor Wei falava em bebidas, em aperitivos. Ela pediu chá. Apreciava chá de jasmim, mas o que lhe trouxeram foi chá de rosas, ao mesmo tempo amargo, brando, quente e fresco, com uma pétala acabada de colher e da cor da bebida.
Criados silenciosos preparavam o uísque do senhor Wei, deitavam o chá.
O senhor Wei disse:
- Miss, vai viver estes dias no meio de homens. Tai-tai mora no fundo do parque. Desejo que se sinta em sua casa.
Sorvendo o chá, de olhos baixos , Maria não respondeu."
x
Maria Ondina, O Amor e a Morte, (contos) Braga: Livraria Editora, sd. p. 47. Este livro obteve o prémio Ricardo Malheiros.

Citações - 108 : Castro sobre Obama

Obama não é como Nixon, que era um cínico, nem como Reagan, um ignorante total.

Fidel Castro, no discurso de há poucos dias, depois de 4 anos de silêncio. Faltou foi falar de Kennedy, que bateu o pé a Cuba e à URSS colocando o mundo à beira de um ataque de nervos aquando da crise dos mísseis cubanos.

A nossa vinheta

Nova vinheta para o fim-de-semana, presumindo que alguns prosimetronistas vão dar uns mergulhos.

Uma pequena vitoriana preparando-se para mergulhar. A outra já mergulhou.

O último dandy

Satisfazendo algumas curiosidades, eis aquele que considero o último dandy da música britânica - Bryan Ferry. Ao vivo, há 5 anos, no Festival de Montreux. Envelhecer assim não é mau...

Havre




École de natation à la voile dans le Bassin du Commerce.
Quando procurava postais, com esta viagem do Filipe à Normandia, encontrei alguns do Havre e não pude deixar de me lembrar de um amigo, já falecido, que viveu muitos anos em Paris e que, de vez em quando, ao domingo, se metia no comboio até ao Havre só para ver o mar.

Imobiliário londrino

É pena o nosso João Soares já ter arranjado casa em Londres, porque sempre poderia ir espreitar e encantar-se pelos apartamentos do condomínio mais caro da capital britânica: One Hyde Park, em que uma das penthouses ( duplex com seis divisões, vidros à prova de bala e todas as modernices imagináveis ) foi recentemente vendida por € 17o milhões...

Um quadro por dia - 81

Caravaggio, La Buona ventura (primeira versão, a segunda está no Louvre), 1594 , óleo sobre tela, Pinacoteca Capitolina, Roma.


Tela aqui chamada não em alusão à polémica expulsão dos ciganos ilegais de França ordenada por Sarkozy e já começada, mas por uma razão muito mais prosaica: há que tempos que não leio o meu horóscopo! E fico-me pelo horóscopo, porque a última vez que me leram a mão ( em Granada ou Córdova, lembra-se JMS ? ) fiquei aliviado, mas de vários euros...





Abbey Road


Em 20 de Agosto de 1969, os Beatles reúnem-se ara finalizar o seu 12.º e penúltimo álbum, Abbey Road, que será posto à venda a 26 de Setembro desse ano.

«Balada de lo que nunca fue a Granada»


«Venid los que nunca fuisteis a Granada.
Hay sangre caída, sangre que me llama.
Nunca entré en Granada.»
Rafael Alberti (1902-1999)

Depois de ter visto no ARPOSE que passaram ontem 74 anos sobre o assassinato de Lorca.

Museu do Chiado


Ontem, 5.ª feira ao fim da tarde, concerto no jardim.

Vista

Budapeste, Hungria
x
Gosto muito da poesia japonesa pela simplicidade aparente.

VISTA

Um pouco de mar no jardim:
exactamente do tamanho
do lago no chafariz.


Sen No Rikû (1521-1591), Rosa do Mundo, 2001 Poemas para o Futuro, Lisboa: Assírio & Alvim, 2001, p. 876, (trad. Stephen Reckert)

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Os meus franceses - 104


Continuamos pela Normandia... Boa noite!
Esta canção já andou aqui n'Os meus franceses, na versão do filme.

Henry Purcell - Dido and Aeneas, Dido's Lament.

Boa noite!

Com uma das melhores da inesquecível Rita Coolidge.

O regresso de Mao ...


Duvido que seja o regresso do Maoísmo ao Império do Meio, mas parece que a notícia de que o único neto de Mao, Mao Xinyu, decidiu dedicar-se à política poucos dias depois de ter sido promovido a general deu a volta à China e não só...

PENSAMENTO(S) - 136

- Estátua do poeta, em Amarante.

O Homem é o espaço e o tempo ( os outros animais são apenas espaço ).

Teixeira de Pascoaes, Aforismos.

Susana Luna Vaz, a pintora arquitecta





Na Galeria Bernardo Marques, Rua D. Pedro V, 81, em Lisboa, está uma exposição de pintura de Susana Luna Vaz, cujos quadros lembram o tema "Elegâncias" que a nossa MR aqui tráz regularmente. Sapatos.
Mas são sapatos e pormenores arquitectónicos, como portas e janelas, aquilo que vemos nesta exposição. Uma associação algo estranha não fosse SLV pintora, primeiro, e depois arquitecta. Dos acessórios, a artista diz: "Apaixona-me a maneira como criamos as nossas narrativas através dos acessórios que escolhemos diariamente. O belo pelo belo; o estilo que seguimos ou que criamos; a criatividade, ou a ausência dela, que depositamos em cada elemento que escolhemos". Quanto aos fragmentos de arquitectura, são registos de "detalhes efémeros que encontro no dia-a-dia numa malha urbana em constante mudança ao longo dos anos, facto que me fascina".

15 a 23 de Agosto: recordações (II)

Boas férias, Filipe!



Coffee Heaven, é mesmo do céu!

A gula é um dos sete pecados capitais. Em Budapeste a pastelaria é sublime convida a pecar. Lembrei-me de Gustave Doré e do Coffee Heaven. Um pouco contraditório mas sabe tão bem!
x
Bom dia!
x
Gustave Doré, Gargantua. Inspirado na obra de Rabelais Fotografia roubada na net

Coffee Heaven pertence a uma cadeia de cafés, não tem o carisma dos cafés históricos mas tem uma boa pastelaria e um chocolate fabuloso. Este fica junto à Praça Ferenciek.

Café Heaven, Budapeste, Hungria.

Alguns dos melhores bolos estão nesta fotografia.


1977 : Marc Bolan e Gloria Jones

Um pouco xaroposa, mas enfim... Marc Bolan, o penúltimo dandy da música britânica, e a sua mulher Gloria Jones. Ouve-se a voz dela, mas não aparece nas imagens ou não fosse Gloria a Yoko Ono britânica... To Know You Is To Love You, 1977. Pouco tempo depois, morria ele num acidente de automóvel.



Filipe, O Normando


Será que o nosso Filipe V.Nicolau já voltou de mais uma viagem à Normandia? Sei que andou por Rouen, Bayeux, Deauville e outras terras, sendo já quase normando honorário...

Um postal prosimetrónico

O corropio das férias quase me ia fazendo esquecer de mencionar o simpático postal que o Prosimetron recebeu de Budapeste, via minha caixa de correio. A bela Ópera de Budapeste. Obrigado Ana!

Lisboa na rua


HOJE / QUINTA / 19h00
LARGO DA ESTAÇÃO DO ROSSIO
ORQUESTRA DE JAZZ DE LAGOS
A OJL executa mais de 150 temas em permanência, organizados em cinco repertórios que visam a maior parte dos clássicos de Big Band (Ellington, Basie, Miller, Nestico...).

Qual será o programa de hoje?

Paul Celan
Gravura em madeira de Dirk Hagner

«Sou mais eu quando sou o outro».
Paul Celan (1920-1970)