Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 10 de setembro de 2011

Boa noite !



Monteverdi pela soprano francesa Agnès Mellon.

Um quadro por dia - 196


Frida Kahlo, The Suicide of Dorothy Hale, 1939, óleo sobre madeira, 60,4x48,6cm, Phoenix Art Museum, Phoenix, Arizona, EUA.

Neste Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, o memorial da morte da amiga de Kahlo, a actriz Dorothy Hale. A legenda do quadro descreve a morte de Hale.

Noel Rosa

Estamos no centenário deste génio. Nasceu a 11 de Dezembro de 1610 e morreu a 4 de Maio de 1937. O Rio de Janeiro e o Samba foram a sua pátria. 26 anos e mais de 200 músicas, todas muito boas.

Hoje estava previsto andar por estas margens...



















Nasci à beira do Rio Lima,
Rio saudoso, todo cristal;
Daí a angústia que me vitima,
Daí deriva todo o meu mal.

É que nas terras que tenho visto,
Por toda a parte por onde andei,
Nunca achei nada mais imprevisto,
Terra mais linda nunca encontrei.

São águas claras sempre cantando,
Verdes colinas, alvor de areia,
Brancas ermidas, fontes chorando
Na tremulina da lua cheia…

É funda a mágoa que me exaspera,
Negra a saudade que me devora…
Anos inteiros sem primavera,
Manhãs escuras sem luz de aurora!

Ó meus amigos, quando eu morrer
Levai meu corpo despedaçado,
Para que eu possa, já sem sofrer,
Dormir na Morte mais descansado.

Olhos d’Aquela que eu estremeço,
Se de tão longe pudésseis ver-me!
Olhos divinos que eu nunca esqueço,
Morro de frio, vinde aquecer-me…

António Feijó (1859-1917)

Frutas - 62

Cartaz de Nike
 Cartaz de Padilla.
Cartaz de Perez.

Uma semana com flores - 6

Prato da Fábrica Ratinho 
Travessa de Viana, século XVIII 
Faiança de Coimbra 
Faiança de Estremoz


Jarrão com girassol.
Caldas da Rainha, Fábrica Bordalo Pinheiro

Monty



Será que a M.R. , nossa antologiadora-residente, se lembra desta? Eu acabei de ouvi-la no excelente programa do Júlio Isidro ( Antena 1 ).

Para espreitar e provar

Ando com vontade de ir conhecer o espaço aberto pelo José Avillez no Chiado. Chama-se O Cantinho do Avillez e fica na Rua dos Duques de Bragança, 7. Há mais interessados?

Bom dia !



A começar musicalmente com os Mexican Institute of Sound.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Boa noite!


Susheela Raman (1973-), nascida de Inglaterra, de pais indianos, com «Blue Lily Red Lotus».

Amadeus, no D. Maria II

A peça é do dramaturgo inglês, nascido em Liverpool em 1929, Petter Shaffer. Foi o suporte da adptação cinematográfica - feita por Shaffer - para o filme homónimo de Milos Forman, de 1984.
Biografia ficcionada de Mozart e da sua relação com António Salieri, compositor da corte do imperador austríaco José II, Kapellmeister da corte, de 1788 a 1824, que nesta obra dramatúrgica é a personagem principal e foi acusado, após a morte do génio, de o ter envenenado por inveja, seguindo "Mozart e Salieri", de Pushkin, escrito em 1831.
Diogo Infante é Salieri, narrador e interveniente na acção. Permanece em palco durante toda a peça, ora como o velho quase muribundo, ora como o compositor no auge da sua juventude. E fá-lo admiravelmente, mudando de idade ao mesmo tempo que muda de traje e de voz. Uma interpretação fabulosa, digna da qualidade a que nos habituou em tantas peças e em tantas personagens tão diferentes.
Ivo Canelas é Wolgang Amadeus Mozart, num registo que nos recorda o actor Tom Hulce, do filme, e que o texto requer, mas que Shaffer teria gostado de alterar, por o achar demasiado histriónico e caricatural. Não é um papel fácil. Ivo Canelas tem uma excelente actuação.
A encenação de Tim Carroll é muito interessante e correcta do ponto de vista da acção e os cenários de F. Ribeiro, reproduzindo no palco a arquitectura interior do Teatro, um achado. Pela elegância, sobriedade, rigor cénico e adequação. Os figurinos de Storyrailers, são excelentes, do melhor que tenho visto em peças de época.
Fazem ainda parte do elenco, nomeadamente, Carla Chambel, como Constanze ( muito bem) e João Lagarto, como José II.
Um excelente momento de teatro, no nosso Teatro Nacional D. Maria II, que muito tem ficado dever ao seu director artístico, Diogo Infante.

Uma semana com flores - 5

Já em tempos fiz um post sobre a Liberty, e, na altura, coloquei alguns tecidos. Hoje voltam (espero que) outros com temas florais, em substituição das nossas chitas que estiveram no blogue há pouco tempo.

Guias - 12

Norberto de Araújo - Portugal: síntesis turística ordenada por regiones o provincias. Lisboa: SNI, 1945
Capa e contracapa da autoria de Manuel Lapa.

À esquerda: Braga, Sé catedral: exterior da ábside

Este pequeno guia tem pouco texto. Por exemplo, ao Minho e Douro Litoral dedica apenas quatro páginas e meia.

Agradeço a quem mo ofereceu.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Flores

Contribuindo para a semana das flores de MR deixo cinco perspectivas do Museu de Santa Cruz em Toledo.


















Flower
Pluck this little flower and take it, delay not! I fear lest it droop and drop into the dust.

I may not find a place in thy garland, but honour it with a touch of pain from thy hand and pluck it. I fear lest the day end before I am aware, and the time of offering go by.

Though its colour be not deep and its smell be faint, use this flower in thy service and pluck it while there is time.

Rabindranath Tagore, daqui

Os meus franceses - 165


Claude François e a sua «Magnolia forever»

O lado solidário da festa da moda




Hoje Lisboa vai estar em festa com a 2ª edição da Vogue Fashion's Night Out, que tem um lado solidário envolvido. Em todos os espaços associados à iniciativa estará à venda a t-shirt oficial do evento por €10. As receitas revertem a favor da Acreditar, associação de pais e amigos de crianças com cancro. Que tal contribuirmos para esta causa nobre?

Jornais na pintura de Juan Gris - 4

Garrafa, copo e jornal 
Compoteira, jarro e livro aberto 
Natureza morta com moinho de café 
Natureza morta à frente da janela 
Natureza morta com jornal
A garrafa de Anis Del Mono
Tabaco, jornal e garrafa de vinho 
Violino e jornal

Na Biblioteca Nacional

Auto-retrato(s) - 133


Julie Heffernan (1956-), Self-portrait as Booty, 2007.

Agradavelmente surpreendido com a pintura desta norte-americana que descobri recentemente.

ONDE ME APETECIA ESTAR- 59 : Kerdalo

 Kerdalo, o jardim criado a partir de 1965 pela imaginação prodigiosa de Peter Wolkonsky numa antiga quinta bretã em Trézardec. São 18 hectares transformados num ambiente maravilhoso com 9000 espécies vegetais, gruta, cascatas, lagos,pérgolas, terraços e alamedas. Foi considerado o Melhor Parque de França em 2004, classificado como monumento histórico em 2005, e é tido como um dos mais belos jardins criados na Europa depois da Segunda Guerra Mundial. Sobreviveu à morte do seu criador, sendo propriedade da sua filha, a horticultora Isabelle Vaughan. É visitável de Abril a Agosto.





Citações - 186

(...) Impávido e sereno, o ministro das Finanças, com aquele ar de quem não parte um prato, lá vai anunciando, no mesmo tom monocórdico com que pedirá uma meia de leite, o aumento de impostos. Ele tem o condão de diluir as más notícias num discurso sonolento e técnico. E, quando damos por ela, já nos tramaram. Era como se um vago conhecido chegasse ao pé de nós, vindo directamente da terra dos nossos parentes e nos dissesse: " o padre mudou, abriu um novo café, o seu pai morreu e apanhei muito bom tempo.".

- Filipe Luís, Espantar as moscas, na Visão.

Novidades - 195

No meio da crise do euro, das dívidas soberanas, da falta de rumo da União, Alain Minc escreve este elogio à Europa que nos lembra coisas como o facto de vivermos na zona do planeta " plus libre, plus démocratique, plus moral ", ou que a maneira como vivem os europeus em geral é " plus équilibrée et plus avancée " que a América de Obama apesar do que muitos europeus pensam.

Alain Minc, Un petit coin de paradis, Grasset, 150p, €9.