Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 7 de maio de 2011

Boa noite!


José Carreras e Luis Llach interpretam uma canção de Pau Casals.

Esta noite

A Casa Battló situa-se no Paseo de Grácia, 43. Projectada por Gaudí, foi construída entre 1875 e 1877.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Casa_Batll%C3%B3

Museu do Modernismo Catalão

Entrada do museu.
Piano, da empresa Ortiz & Cussó.
Vitrina, da autoria de Joan Busquets i Jané (1874-1949), ca 1905.
Um museu pequeno, mas com peças interessantes.
Balmes, 48
Barcelona

A loja do detective



Esta loja estava encerrada para a siesta. Gostava de ter entrado.

Brinquedos - 6

Vem uma pessoa a Barcelona encontrar uma reprodução de um sempre-em-pé - neste caso, uma, chamada Nevajashka - que teve na infância. Claro que o comprei logo. Adorei!
Esta reprodução é fabricada na Rússia; não sei se o original também seria russo. É natural que sim.

Parabéns, Luis Llach!

Faz hoje 63 anos. Escolhi duas canções dele: L'Estaca, de 1973, talvez a sua canção mais conhecida; e Amor particular, de 2007.

Gastronomia - 2

O castelo de Montemor-o-Velho.





Montemor-o-Velho é uma vila cuja história remonta à pré-história e ganhou muita importância no período da Reconquista Cristã. Nela encontrei há uns anos, quando ia a banhos à Figueira da Foz, um doce regional chamado Espigas Doces.


A patente do fabrico foi vendida à pastelaria: O Afonso, em Tentugal, há cerca de vinte anos. A receita é um segredo guardado entre os anjos. No livro de Maria de Lurdes Modesto: "Cozinha Tradicional Portuguesa" não existe qualquer referência. O doce era anteriormente fabricado pela pastelaria O Mondego que fica situado na Praça da República, no centro da vila.

A Senhora D. Olga Alexandre Cavaleiro, proprietária da pastelaria O Afonso, teve a amabilidade de me deixar fotografar a forma das Espigas e o processo do seu fabrico. Consta que o doce é conventual.




As Espigas têm este aspecto.



O bolo é composto por uma massa que é cheia com doce de ovos. O seu fabrico é moroso pois, a forma onde é feito é um pouco complexa.


Como se pode ver na fotografia, a forma é composta por quatro faces onde se barra a massa para posteriormente, se colocar o recheio.


Formas


Uma das faces da forma.



Quando a massa do bolo está preparada fecha-se com uma quinta peça que encaixa e prende as quatro faces.


Em seguida enche-se com o recheio







e coloca-se noutra forma, onde devem ir direitinhos ao forno aquecido a 300º e durante cinco minutos apenas.

As Espigas são uma delícia e um doce fora do que estamos habituados a saborear. Não são tão doces como os Pastéis de Tentugal. Em Montemor-o-Velho, para além da doçaria, há um prato excepcional para os amantes da lampreia, o arroz de lampreia, não é o meu caso. Outro doce que merece a nossa atenção são as queijadas. Todos estes motivos são válidos para se fazer um passeio a esta vila onde os campos de arrozais compõem a paisagem e o castelo vislumbra as águias que o sobrevoam.
O meu agradecimento à Senhora D. Olga Cavaleiro.

Barcelona, 6.5.2011



Som e Luz na Font Montjuïc

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Boa noite!



Na companhia de Pi de la Serra e de Joan Manuel Serrat.
Para APS.

Auto-retrato(s) - 110

Gustave Courbet - O homem do cachimbo
Óleo sobre tela, ca 1849
Montpellier, Musée Fabre

Mais um auto-retrato de Courbet. E outros virão. Havia bastantes na expo que hoje vi.

A sesta

Ramon Martí Alsina - A sesta
Óleo sobre tela, ca 1884
Barcelona, Museu Nacional de Arte de Catalunha

Vi hoje este quadro numa magnífica exposição dedicada a Courbet - hei-de voltar a falar nela. Mas por que o coloquei aqui, agora?

Leitura Furiosa - Domingo, 8 de Maio

LF
Gente zangada com a leitura encontra-se com escritores. Os escritores escrevem textos. Desenhadores ilustram-nos. Actores e músicos lêem-nos e cantam-nos na sessão pública, no dia 8 de Maio, domingo, às 15h.
Antonino Solmer, Diana Dionísio, Diogo Dória, Elisabete Piecho, F. Pedro Oliveira, Inês Nogueira, Joana Craveiro, Maria Gil, Pedro Rodrigues, Simon Frankel, Tânia Guerreiro lêem e cantam os textos que Filomena Marona Beja, Jacinto Lucas Pires, Jaime Rocha, José Mário Silva, Margarida Vale de Gato, Nuno Milagre escreveram com grupos de zangados com a leitura de Centro de Dia do Socorro, Centro Social da Sé, Conselho Português para os Refugiados, Escola do Castelo, Escola Gil Vicente e que foram ilustrados por Bárbara Assis Pacheco, José Smith Vargas, Nadine Rodrigues, Nuno Saraiva, Pierre Pratt, Zé d'Almeida.
E serão lidos muitos mais textos escritos por muitos mais escritores com muitos mais zangados com a leitura e ilustrados por muitos mais desenhadores no Porto, em Amiens, em Kinshasa.
Entrada livre.
______
Casa da Achada - Centro Mário Dionísio
Rua da Achada, 11
1100-004 - Lisboa
http://www.centromariodionisio.org/

Lá fora - 108 : Gossaert


 - Adão e Eva ( emprestado por S.M. a Rainha Isabel II )
 - A Adoração dos Magos  ( col. National Gallery )
- Retrato de um jovem

De Bruxelas para Londres, a pensar no nosso Filipe V.Nicolau: está patente na National Gallery, até 30 de Maio, Jan Gossaert's Renaissance, a maior exposição dedicada ao pintor neerlandês nos últimos 40 anos.
- Um casal idoso

Gossaert ( 1478-1532 ), genial retratista, mas não só, terá sido o primeiro pintor do Norte da Europa a visitar Roma ( Inverno de 1509 ) e não terá ficado indiferente ao muito que viu por lá durante os seis meses da sua estadia. São 80 obras provenientes da própria National Gallery ( um dos melhores acervos mundiais de Gossaert ), do Museu do Prado e de outras colecções inglesas.

Em português - 106 : Maria Gadú



Caleidoscópio, de Maria Gadú, uma das promissores novas vozes brasileiras.

Ainda ( e sempre ) Sophia

Já que citei hoje Sophia, aqui fica também notícia de mais uma boa iniciativa da BNP- Biblioteca Nacional de Portugal: um sítio dedicado a Sophia de Mello Breyner Andresen.

Novidades - 181 : Pessoa e a Astrologia

Foi lançado esta semana, na Casa Fernando Pessoa, o mais recente livro do meu amigo Paulo Cardoso, Fernando Pessoa-Cartas Astrológicas, publicado pela Bertrand, que reúne " algumas dezenas das mais reveladoras cartas astrológicas erigidas por Pessoa". O prefácio da obra é do Prof.Jerónimo Pizarro, um dos mais notáveis pessoanos da actualidade.

PENSAMENTO(S) - 173


A política ou é um capítulo da moral ou é uma porcaria.

- Sophia de Mello Breyner Andresen

Pequenos monstros do nosso tempo -

 - Philip e Nancy Garrido
- Jaycee Lee Dugard


De vez em quando há estas boas notícias: alguém que se presumia morto, dado o longo desaparecimento, aparece vivo, mas com uma história de arrepiar. Desta vez foi na Califórnia, onde Jaycee Lee Dugard, desaparecida em 1991, recuperou a liberdade e denunciou os seus captores: o casal Philip e Nancy Garrido, que a raptaram e mantiveram como escrava sexual durante os últimos 18 anos, tendo a jovem inclusive tido duas filhas do seu raptor, a primeira quando tinha 14 anos de idade.
Estes "pequenos monstros" já confessaram, e arriscam prisão perpétua.Uma vez mais, a realidade a ultrapassar a ficção...

Auto-retrato(s) - 109


Dois auto-retratos de Charles Ray ( 1953- ), de 1990: A fotografia ( Yes, selfportrait ) é um auto-retrato feito sob o efeito do LSD, e a escultura é na verdade um manequim ( de loja ) transformado de maneira a parecer-se o mais possível com o artista e vestido como ele habitualmente se veste.

Poemas - 43



Jorge de Sena : Carta aos meus filhos sobre os fuzilamentos de Goya.

ONDE ME APETECIA ESTAR- 50

Um destino muito próximo, para ver uma exposição: gostaria de estar por estes dias em Bruxelas, que são os últimos da exposição Maîtres vénitiens et flamands- Bellini, Tiziano, Canaletto, Van Eyck, Bouts, Jordaens.
Está patente no Palais des Beaux-Arts, até domingo, esta mostra que junta grandes nomes da pintura veneziana e da pintura flamenga.
As telas italianas, 50, provêm das colecções da Accademia de Carrara ( Bergamo ) que está fechada para obras e pôs a circular pela Europa alguns dos seus tesouros ( a Lisboa nada chegará, uma vez mais ), e as flamengas são do riquíssimo Museu de Belas Artes de Antuérpia.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Parc de l'Espanya Industrial

A velhice tem destas coisas. Olha-se da janela e... vamos dormir uma "siesta" ...


Barcelona

Na Rambla

Auto-retrato(s) - 108

Kees van Dongen, Autoportrait en Neptune, 1922, óleo sobre tela, 170x120cm, Centre Pompidou, Paris.

O artista como uma divindade romana, que nos fixa directamente, enquanto ao fundo um paquete aproxima-se. Foi exposto pela primeira vez no Salon d'Automne de 1922.