Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 20 de junho de 2009

Um anjo da Ponte Sant'Angelo, Bernini!

Tenho saudades de passar por aqui...
Roma, Ponte Sant'Angelo: Anjo com a Coroa de Espinhos, Bernini
x
"In aerumna mea"
x
Pormenor da Coroa de espinhos
x

VIseu: 900 Anos do nascimento

Novo museu da Acrópole abriu hoje

O Partenon visto do novo Museu da Acrópole, em Abril de 2009


O novo Museu da Acrópole abriu hoje em Atenas. Resultado de trabalhos começados em 1992, foi alvo de um artigo de fundo na Vanity Fair deste mês, que se pode encontrar em http://www.vanityfair.com/culture/features/2009/07/hitchens200907.

Segundo o artigo, a restauração foi suportada com dádivas de peças que se encontravam espalhadas pelo mundo, incluindo o Vaticano, Palermo e Heidelberg. Infelizmente, o Museu Britânico, que possui provavelmente o maior espólio de peças da Acrópole fora da Grécia, recusou-se a devolver as suas peças, invocando três razões: primeira, que estabeleceria um precedente que esvaziaria a colecção do museu; segunda, que as obras podem ser admiradas por mais pessoas em Londres do que em Atenas; e terceira, que o Gregos não possuem instalações em condições para exibir as peças. Quanto à primeira questão, apenas a Grécia tem este pedido, e relativamente à Acrópole. É verdade que as nações que hoje vivem onde em tempos viviam os Aztecas, os Babilónios ou os Assírios podem fazer reivindicações similares, mas com menos méritos; a segunda levou Jules Dassin a sugerir que então se levassem todas as peças para Pequim...; a terceira, estaria colmatada com este novo museu.

A questão é mais crítica quando se considera que as peças representam fragmentos: a cabeça da estátua da deusa Iris está em Atenas, mas o seu corpo está em Londres; a parte frontal de um torso de Poseídon está em Londres, a parte traseira está em Atenas...

O museu ateniense teve a feliz ideia de substituir as peças retidas em Londres por cópias -- pelo menos sempre se permite ao observador uma abstração da totalidade das obras expostas.

Uma boa razão para regressar a Atenas.

Photografia de Yannis Kontos, para Vanity Fair.

Moedas de D. António Prior do Crato!

4 Reais, 1583 - D. António Prior do Crato
4 Reais (parecem III reais mas são IIII c.f. o que está registado no Livro das Moedas de Portugal de J Ferraro Vaz)
Nas últimas moedas que D. António lavrou nos Açores, em 1583, repete-se a figuração da cruz comprida, a mais antiga esculpida nos primeiros dinheiros de D. Afonso Henriques. Tinha o valor de 4 Reais. A Cruz de Santiago, com o formato de um punhal, também figura nos 4 reais de D. António, moeda também batida em Angra.
www.cruzado.com.pt/index.php?op=6&idpagina=32

Onde vou estar hoje

Hoje vou visitar o mais famoso campo de batalha português. Não é 14 de Agosto, mas...

E já agora...

Já que se falou dele nos últimos dias, aqui fica o Monasterio de Santa Maria de la Real, em Najera, panteão dos Reis de Najera-Pamplona ( reino precursor do Reino de Navarra ) , dos Senhores de Biscaia, dos duques de Najera e de alguns Lopez de Haro, entre eles a nossa D.Mécia, na capilla de Vera Cruz. Nunca fui lá, mas depois de tanta pesquisa fiquei com vontade de o "estudar" in loco.

Monsieur Z

Aforismos e desaforismos de Aparício - 4


Gravura de Manuel Cabanas.

Num livro de culinária do tempo da rainha Vitória lê-se isto: «O que for totalmente intragável, pode dar-se aos pobres.» Dickens deve ter sabido disso.
José Rodrigues Miguéis

Um "principe" de Portugal esquecido


D. António Prior do Crato foi aclamado Rei de Portugal, em Santarém, a 24 de Julho de 1580.... seguindo-se a sua aclamação em diferentes outras cidades e lugares de Portugal. Perdeu o trono ao ser derrotado em Alcântara, a 25 de Agosto do mesmo ano. Continuou a governar nos Açores, durante mais algum tempo...
Durante o período de 24 de Julho e 25 de Agosto foi D. António o único que se proclamou Rei de Portugal.
Seu filho, D. Manuel, nascido em 1568, foi principe de Portugal, no mesmo período.

Madrid: no Museu Thyssen-Bornemisza 5.

Pintura do século XVIII
x
nomenclatura usada pelo próprio Museu Thyssen para a escolha que vou apresentar.
x
François Boucher, A Toilette, 1742

Óleo sobre tela, 52,5 x 66,5 cm

François Boucher é um pintor que representa o rococó francês. Esta tela caracteriza-se pela revelação da vida quotidiana: delicadeza, intimismo, sensualidade captada em algumas casas do século XVIII. Por isso a decoração do ambiente, bem como os objectos de uso pessoal ganham grande vivacidade.

Elegâncias - 29





Mais uns modelitos da Sacha, Bruxelas.

Contos Indianos 1, Stéphane Mallarmé!

Retrato de Stéphane Mallarmé de Édouard Manet

O Retrato Encantado (I)
“(…) Fui informada de que as mulheres tinham levado a criança para as montanhas, onde corre o mel. O que foi feito dessa criança? Será que a deixaram crescer como a planta soma à sombra dos bosques? Deve ser agora um jovem mais ou menos da tua idade, meu filho; e, se os jejuns de uma pobre asceta o restabelecessem no seu triunfo, seria hoje o mais forte dos homens.
(…) «Não te enganaram, foi de facto um ermitã, que vive no cimo da montanha, quem se encarregou de me criar e de me instruir. Desde tenra idade fiquei a saber a dolorosa história da minha família; vim até aqui conduzido pelo desejo de vingança. »”

Stéphane Mallarmé, Contos Indianos, Lisboa: Vega, 2008, p. 22

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Rainhas de Portugal que se encontram sepultadas fora de Portugal.

Hoje, durante o banho, estive a pensar no post que o nosso amigo Luís Barata colocou sobre os restos mortais de Mary Stuart (16 de Junho) e dos respectivos comentários... Falou-se nos restos mortais de D. Maria Pia, rainha casada com D. Luís I, e do movimento, válido, para se realizar a sua trasladação para Portugal, País que ela amava.

Num dos comentário (17/06 23:00) disse que havia "ainda uma Rainha (mesmo Rainha) portuguesa sepultada fora de Portugal".

Falei ainda (18/06 11:20) na "mulher de Sancho II, D. Mécia Lopes de Haro, que também está em Espanha (Nájera) no mosteiro beneditino de Santa Maria, na Capela da Cruz. Não conheço o seu túmulo, dizem que tem quatro leões com as armas de Portugal ao peito. Mas essa é proscrita... e inspiração para a Dama-pé-de-cabra".

No fim do banho tinha constituído uma listagem de "pelos menos 5 Rainhas" (conforme escrevi num SMS ao Luís) fora de Portugal.

Afinal – e posso estar-me a esquecer ainda de alguma (e descontando as esposas de D. Miguel e a D. Manuel II, que embora casadas com antigos Reis de Portugal nunca o foram durante o período em que governaram) – temos pouco mais de uma dezena de Rainhas cujos sepulcros se encontram fora das fronteiras portuguesas.

E Reis, homens, pelos menos temos uma meia-dúzia, mas poderiam ser oito.


Sepulcro de D. Mécia López de Haro (http://www.joaconde.net/viajes/esp/larioja.htm.) Agradeço a indicação desta imagem ao nosso amigo e comentador do Prosimetron JP

Arthur Taylor


Arthur Taylor - As grandes doutrinas económicas.
11.ª ed. Mem Martins: Europa-América, 2001

E o autor é...? Fernando Piteira Santos!
Escreveu-o com o pseudónimo de Arthur Taylor, sendo que o livro nunca foi apreendido, o que não se teria passado se tivesse assinado com o seu verdadeiro nome.
Eu também o li sem suspeitar do verdadeiro autor.

Sebastião ainda... Retrato Perdido

Transcrevo de Pérez Pastor:
Item 45
"Otro retrato de pincel, en lienzo, del Sereníssimo Rey de Portugal Dom Sebastião, Nuestro Señor, quando niño en un caballo, con vara en la mano, que tiene de largo dos varas y sesma y de ancho vara y media, con una cortina de tafetán verde tasado en 18,750 maravedís"
C. Pérez Pastor "Inventarios de los biens que quedaron por fin y muerte de Doña Juana, Princesa de Portugal, Infanta de Castilla" / Memorias de la Real Academia Española, 9, 1914, pp. 315-380.

Lá fora - 32 : Boris Vian

2009 é também o ano de Boris Vian, pois que se celebra o cinquentenário da sua morte. Em Paris, mais propriamente no Musée des Lettres et Manuscrits, está patente uma exposição sobre Vian e a sua época, a época de ouro de Saint-Germain-des-Près: L' Écume des années Vian.
Correspondência, manuscritos, textos de canções, desenhos e fotografias emprestados pela Fondation Boris Vian, por Gérard Lhéritier e pela Societé Aristophil.

- L' Écume des années Vian, Musée des Lettres et Manuscrits, 8 , rue de Nesle , Paris .

Para saber mais : http://www.museedeslettres.fr

Conhece Mathias Heymann ?

Mathias Heymann, filho de pai alsaciano e de mãe marroquina, acaba de ser nomeado danseur étoile da Ópera de Paris. Aos 22 anos, o que não é muito habitual. Aqui fica um vídeo demonstrativo da sua fabulosa técnica.

Há piqueniques e piqueniques...

- parterre de tulipes do Castelo de Vaux-le-Vicomte.

Já aqui falei de Vaux-le-Vicomte, o sumptuoso castelo mandado construir por Nicolas Fouquet e que foi a sua desgraça, pois que era a prova dos desvios de dinheiro da Coroa. É em Vaux que se realiza todos os anos em Junho um deslumbrante piquenique, o mais luxuoso de França, em memória da grande festa dada por Fouquet ao seu rei, Luís XIV, e que foi o princípio da queda do então todo-poderoso Surintendant des Finances.
É já no próximo domingo, dia 21 de Junho, e como se vai trajado à época por algumas horas vive-se efectivamente uma viagem até ao Grand Siécle.

Ainda sobre "rotulagem "

Uma vez que temos sido muito produtivos, e os posts ainda que recentes vão ficando "mais para trás " , decidi responder por mensagem autónoma ao comentário do nosso leitor ONX à citação de Richard Zimmler que reproduzi em Citações - 27.

Caro ONX :
Tem toda a razão quando fala da importância das categorias. O nosso pensamento efectivamente organiza-se por categorias e, como bem diz, desde a Grécia Antiga que assim é entendido.
Mas quando Zimmler falava, se bem o entendi, sobre "rótulos" que aplicamos aos humanos com que nos cruzamos e sobre quem nos interrogamos, o que ele tinha em vista, parece-me, é a estereotipagem que muitas vezes fazemos designadamente quanto a orientações sexuais e comportamentos sociais.
Passando a falar no meu conhecimento pessoal, direi desde já que conheço homens com um trato delicado, algo efeminados face às percepções médias da sociedade portuguesa, e que, no entanto, são heterossexuais. E, em contraponto, conheço homens que são muito masculinos, vão ao futebol, praticam muitos desportos, e na verdade são homossexuais praticantes.
O mesmo vale para as mulheres: já me tenho enganado sobre a sexualidade de algumas que julguei serem lésbicas pela maneira como se sentam, ou fumam, e a inversa também é verdadeira porque a ideia da "lésbica camionista" é na realidade um estereótipo.
Pelo que, para mim, a interrogação fundamental que conclui o discurso de Zimmler - como definir um homem homossexual- não é de resposta fácil, pelo menos não é passível de ser respondida em 2009 como lemos em alguma literatura médica do séc.XIX: são todos efeminados, dandies, neuróticos etc.
A diversidade e a complexidade humanas não são redutíveis a parâmetros tão simples quanto estes. Não é por acaso que a escala de Kinsey ia de 0 a 6 como deve saber...

Citações - 28 : Da televisão digital

" (...) A saber : até que ponto ( e de que modo ) a diferenciação dos produtos, exponenciada pelo digital, vai pôr em causa os modelos tradicionais da televisão generalista? Porque, repare-se, o que está a acontecer não se reduz a uma mudança de aparelhagens. Em boa verdade, estamos a assistir à lenta decomposição das leis clássicas de conceber e programar televisão, e tanto mais quanto são cada vez mais evidentes os cruzamentos vários entre televisão e computador, espectáculo e informática, pequenos ecrãs e grandes ecrãs.
Lembremos apenas como o digital vai multiplicar a possibilidade ( já existente ) de cada espectador registar as emissões que quiser, para a elas assistir nos horários que escolher. Na prática, isto significa um abalo fortíssimo no conceito, também ele clássico, de horário nobre. Os seus efeitos poderão sentir-se desde o plano simbólico ( o que será uma estrela de televisão quando já não houver horário nobre? ) até aos movimentos de capital ( como vão evoluir os espaços publicitários e, claro, o seu valor comercial?) . "Melhor" ou "pior", não tenhamos dúvidas de que a televisão vai ser muito diferente. Aliás, já agora, usemos o plural: as televisões, se estimarmos o princípio básico da diversidade. "

- João Lopes, A idade digital , na NotíciasTV de hoje.

Inauguração - 1

É inaugurada hoje, na Amadora, a Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos.

Ainda o jovem toureiro Michelito Lagravaré

E afinal o jovem toureiro franco-mexicano Michelito Lagravaré, de que falei aqui ontem, foi mesmo impedido de actuar na Novilhada de Promoção de Novos Valores que se realizou ontem na Praça de Touros do Campo Pequeno. Mas não pela Autoridade para as Condições de Trabalho, devido à queixa que mencionei, mas sim pela Comissão de Protecção de Menores.
Pobre Wolfgang Amadeus, que nos dias de hoje teria de esperar uns anitos até se poder apresentar numa sala de concertos...

Triste aniversário

- Imagem tirada da Yahoo! News
Aung San Suu Kyi, mulher que muito admiro, faz hoje 64 anos. Ainda detida, e a correr o risco de sofrer mais uma condenação de 5 anos de prisão por ter sido visitada por um americano, violando assim as condições da sua prisão domiciliária, num julgamento que tem sido criticado por juristas de vários quadrantes pela falta de condições para ser defendida condignamente.
Ela é o símbolo vivo da luta pela liberdade em Myanmar ( antiga Birmânia ) , nunca desistindo apesar dos 13 anos de detenção que já sofreu.

Sinais de fogo



Sinais de fogo, de Jorge de Sena, estará hoje às 21h10 na RTP2 na série Grandes Livros.
Depois pode também ver a adaptação que Luís Filipe Rocha fez do livro.

Cesário Verde: pensamento!

JP lembrou outra grande frase que me entra e não sai da memória. Para JP e o seu bom desportivismo.


"Se eu não morresse, nunca! E eternamente buscasse e conseguisse a perfeição das cousas!”, Cesário Verde

Um quadro por dia - 5

- Madame Murat et sa fille, Elizabeth Vigée Le Brun, óleo sobre tela, 1805-08, Versailles.

Esta escolha deve-se a só ter sabido hoje que Elizabeth Vigée Le Brun, que todos conhecemos como a grande retratista do séc.XVIII, e especialmente pelos retratos da Rainha Maria Antonieta, chegou a pintar membros da família Bonaparte!
Este é o retrato de uma das irmãs de Napoleão, Carolina Murat, que chegou a reinar em Nápoles, acompanhada da sua filha Letizia. Mais logo, voltarei a Madame Vigée Le Brun.

A Internet em números

Não deixo de ficar surpreendido com alguns dos números da Internet :

- 133 milhões de blogues foi o número recenseado pela Technorati até Dezembro de 2008, data em que deixou de ser contado o número de blogues existentes no mundo.

- 900.000 é a média diária de posts em blogues.

- 393 milhões é o número de internautas, sendo que na Europa quase 40% da população está ligada à Internet.

- 2700 é o número de pesquisas por segundo feitas no Google, totalizando mais de 240 milhões por dia. Em 1998 ocorriam 45 pesquisas por segundo...

Cinenovidades - 45 : Ligações Perigosas/ State of Play




Vi ontem este Ligações Perigosas ( State of Play ), e recomendo. É um thriller político muito eficaz e muito ligado à actualidade. Conta com Russell Crowe, Ben Affleck, Robin Penn, Jeff Daniels e Helen Mirren ( só percebi porquê depois de saber que o filme adapta uma série da BBC, embora não me queixe da gloriosa Helen ) . É evidente que a empresa visada não é a outra senão a muito real e poderosa Blackwater que já nem o governo iraquiano permite que volte a operar no Iraque dadas as inúmeras controvérsias. Esta tendência norte-americana de "contratar" a privados funções militares e de segurança é realmente preocupante.
Em jeito de complemento, deixo-vos parte do famoso discurso de despedida do Presidente Eisenhower, onde já em 1961 ele profeticamente avisava sobre os perigos do complexo militar-industrial...

Como o prometido é devido ... - 3

E para o Filipe Vieira Nicolau deixo o clip oficial de Lisboa, um dos temas mais interessantes produzidos pelos MãoMorta nos últimos anos.

Como o prometido é devido ... - 2

Em especial para o nosso MLV, que é fã da Manuela Azevedo, aqui fica Sexto andar dos Clã.

60 anos de uma nação: 1978

A nave espacial soviética Sojus 31 parte da estação de Baikonur no Cazaquistão a 26 de Agosto. Leva consigo o primeiro alemão a entrar no Espaço: Siegmund Jähn, oficial da Força Aérea da RDA. Juntamente com o comandante soviético Waleri Bykowski, segue rumo à estação Salyut 6. Durante a sua estadia, Jähn capta imagens deslumbrantes da Terra através de uma câmara, desenvolvida em Jena (RDA) e que terá significado um investimento de 82 milhões de marcos. A conquista do Espaço constitui motivo de orgulho para os responsáveis da RDA, Jähn tornar-se-ia uma das personalidades mais populares da Alemanha Oriental.

O jornalista Horst Rieck leva a cabo uma pesquisa sobre a toxicodependência e a prostituição, relacionada com a droga, na cidade de Berlim (Ocidental). No decurso do seu trabalho, encontra Christiane Felscherinow de 15 anos que rapidamente viria a ser conhecida junto do público alemão e internacional como “Christiane F.” Rieck e seu colega, Kai Herrmann, publicam as experiências da jovem toxicodependente no semanário Stern e, posteriormente, num livro sob o título “Wir Kinder vom Bahnhof Zoo” (trad.: nós, as crianças da estação ferroviária Zoo; designação oficial em português: Eu, Christiane F.). A narrativa realista sobre a dependência e a criminalidade à volta da droga introduz os alemães num mundo até então desconhecido. O livro viria a ser adaptado para o grande écran em 1981.

- CONTINUAÇÃO NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA -
Imagens: Siegmund Jähn; Christiane F.

Como o prometido é devido ... - 1

Dedicado especialmente ao João Mattos e Silva, aqui fica este belo tema de Rodrigo Leão&Cinema Ensemble, interpretado ao vivo no Teatro Garcia de Resende em Março de 2009.

Sócrates: ...um cidadão do mundo


Decoração da Estação do Metropolitano "Cidade Universitária"

Monsieur Z

Uma medalha de D. Sebastião / Um desenho


Esta medalha pertenceu à colecção de D. Luís I e encontra-se hoje em Vila Viçosa, Paço Ducal (FCB, inv.º 5).
Esteve exposta na XVII Exposição de Arte, Ciência e Cultura, núcleo "Dinastia de Avis" (Casa dos Bicos), tendo o n.º 156 do catálogo.
Anverso Insc: SEBASTIANVS D G REX POR/TVGALIÆ ARABIÆ IN/DIÆ ET AFRICÆ / ANNO ÆTATIS XVI
Reverso Insc: SERENA CELSA FAVENT



Existe na Biblioteca Nacional de Portugal um desenho, de Francisco de Holanda (?) que pretende (?) copiar essa (?) medalha; no anverso copiou antes a imagem já reproduzida neste Blogue, datada de 1561, embora invertida (vista ao espelho). O desenho embora semelhante ao da medalha é diferente... serve para um passatempo de descubra as diferenças...

Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez.
Senhor, falta cumprir-se Portugal!
Fernando Pessoa

Elegâncias - 28





Todos lindos e da Sacha, Bruxelas.

Steinlen - 2


1895-1900


1896


1916

Arcanjos no Mosteiro das Descalzas Reales, Madrid

Espalhados por várias salas no Mosteiro das Descalzas Reales, monjas Clarissas Franciscanas, podemos encontrar várias pinturas sobre tela e frescos com o tema dos sete Arcanjos.
O que aqui coloco é uma tela de Massimo Stanzione.
Massimo Stanzione, Os Sete Arcanjos, século XVII


Massimo Stanzione era um pintor italiano que viveu a maior parte do seu tempo em Nápoles e completou a sua formação em Roma.

Sob o olhar da Princesa no Paseo del Prado, Madrid!

A princesa observa-nos no primeiro andar de uma loja de recuerdos.
Paseo del Prado

Madrid: no Museu Thyssen-Bornemisza 4.

A Idade do Ouro da Pintura Flamenga
x
Hendrick Ter Brugghen, Esau vendendo o direito de primogenitura, c. 1627

Óleo sobre tela, 106,7 x 138,8 cm
x
Brugghen utilizou esta cena do Antigo Testamento contada no
Genesis 25, 29-31

"Jacob disse-lhe (a Esaú): «Vende-me o direito de primogenitura». Esaú retorquiu: «Que me importa a mim o direito de primogenitura, se estou a morrer de fome?» Jacob disse-lhe: «Jura imediatamente». Ele jurou, e vendeu o seu direito de primogenitura a Jacob. Então Jacob deu-lhe pão e um prato de lentilhas."

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Pôr-do-Fado: Concertos Instrumentais no Museu do Fado

Pôr-do-Fado

Concertos Instrumentais de final de tarde,

onde a guitarra portuguesa é a anfitriã de outras sonoridades.

25 de Junho

Paulo Soares (Guitarra Portuguesa) & Carlos Alberto Augusto (Vibrafone)

Entrada: 3€ Auditório do Museu do Fado 11, 18 e 25 de Junho 19h00

Museu do Fado

Largo Chafariz de Dentro, 1 1100-139 Lisboa

Tel. 21 8823470 - Fax. 21 8823478

museudofado@egeac.pt

www.museudofado.egeac.pt

Lisboa em festa


Uma montra decorada com produtos típicos portugueses (Lisboa, Calçada do Sacramento, não digo o nome para não dizerem que estou a fazer publicidade)

Melodias da Broadway: Next to Normal

"Next to Normal", um dos vencedores dos Tony Awards 2009, é um musical rock, lidando com os Goodman, uma família quase normal. A protagonista é Diana, uma mãe que se apercebe do deteriorar da sua condição maníaco-depressiva bipolar, e das consequências para a sua família. O musical endereça temas como a perda de alguém próximo, o suicídio e a dependência farmaco-química num contexto de vida suburbana.

O site (http://www.nexttonormal.com/) dá pistas adicionais sobre a família: Diana, "Sexy, sharp and trying to hold on to her family"; Dan, o pai, "Handsome, genuine and working overtime to juggle being a father and a husband"; Gabe, o filho, "Almost eighteen. Dashing. Bright. Playful. Everything a mother could dream"; e Natalie, a filha, "Sixteen and trying to be perfect. It's not going well".

O libretto é de Brian Yorkey e a música é de Tom Kitt. Tendo começado a sua exibição off-Broadway em 2008, o elenco original da Broadway, onde estreou em Abril de 2009, conta com Alice Ripley (Diana Goodman), J. Robert Spencer (Dan Goodman), Aaron Tveit (Gabriel Goodman) e Jennifer Damiano (Natalie Goodman).

Nomeado para 11 Tonys, incluindo Melhor Musical, recebeu três galardões, incluindo Melhor Actriz num Musical (Alice Ripley), Melhor Música Original para Kitt e Yorkey e Melhor Orquestração para Michael Starobin e Tom Kitt.