Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 7 de novembro de 2015

Livros de cozinha - 86

Alfragide: Oficina do Livro, 2014

«Aprenda a fazer um prego de atum imperdível. E um pão com chouriço. E uma bifana. E um cachorro. E uma francesinha…
Prepare sanduíches fáceis, mas surpreendentes, com almôndegas ou fiambre triturado, anchovas ou bacalhau fumado, cogumelos ou requeijão, farinheira ou tremoço…
Domine a arte de transformar duas fatias de pão num prato elaborado e inesquecível, juntando-lhes camarão ou sapateira, espadarte ou pato confitado, rosbife ou foie gras, ovo escalfado ou legumes. Com receitas diferentes de tudo o que já experimentou, este é um livro imperdível para todos os amantes de gastronomia mas, sobretudo, para quem tem andado longe da cozinha – por falta de tempo, de jeito ou até de companhia para partilhar aquela refeição especial.»
Este livro de Hugo Nascimento (n. 1976) abre o apetite. Pelo menos a mim, que gosto de sanduíches.

Sanduíche de tremoço
12 cilindros de pão baguete 
200 g de tremoço em conserva (descascado é melhor) 
1 dente de alho 
1 colher de chá de tomilho (folhas) 
1 colher de sopa de azeite virgem extra 
1 colher de chá de vinagre de vinho branco 
2 colheres de sopa de salsa picada 
Pimenta-preta de moinho q.b. 
1 colher de chá de açafroa 
Triture os tremoços com os restantes ingredientes e sirva sobre cilindros de baguete.

Marcadores de livros - 284


Um poema ...

a propósito dos tempos políticos que atravessamos. Ontem vi e apreciei o discurso de António Costa. É preciso alguma mudança, é preciso mudar a página e já se fez História neste pequeno país, quer se goste quer não.

Um bom Domingo!:))


A Ponte

Vidraças que me separam 
Do vento fresco da tarde 
Num casulo de silêncio 
Onde os segredos e o ar 
São as traves duma ponte 
Que não paro de lançar 

Fica-se a ponte no espaço 
À espera de quem lá passe 
Que o motivo de ser ponte 
Se não pára a construção 
Vai muito mais a vontade 
De estarem onde não estão 

Vem a noite e o seu recado 
Sua negra natureza 
talvez a lua não falte 
Ou venha a chuva de estrelas 
Basta que o sono consinta 
A confiança de vê-las 

Amanhã o novo dia 
Se o merecer e me for dado 
Um outro pilar da ponte 
Cravado no fundo do mar 
Torna mais breve a distância 
Do que falta caminhar 

Há sempre um ponto de mira 
O mais comum horizonte 
Nunca as pontes lá chegaram 
Porque acaba o construtor 
Antes que a ponte se entronque 
Onde se acaba o transpor 

Sobre o vazio do mar 
Desfere o traço da ponte 
Vá na frente a construção 
Não perguntem de que serve 
Esta humana teimosia 
Que sobre a ponte se atreve 

Abro as vidraças por fim 
E todo o vento se esquece 
Nenhuma estrela caiu 
Nem a lua me ajudou 
Mas a ruiva madrugada 
Por trás da ponte aparece. 

José Saramago, Provavelmente Alegria. Alfragide: Caminho, 1985, p. 83.

Novembro Quente - 1 : 7 de Novembro de 1975


Os páraquedistas , a mando do Conselho da Revolução, destroem à bomba o emissor da Rádio Renascença na Buraca .

Bom dia !

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Boa noite!

Banquete

Por ocasião da morte do Chefe Silva e da sua Tele Culinária falei aqui na Banquete e penso que foi a Isabel que disse que não conhecia a revista. A revista, mensal, era propriedade da Cidla e o n.º 1 saiu em março de 1960, dirigido por Maria Emília Cancela de Abreu. O n.º 176 - o último -  foi publicado em dezembro de 1977.


Bob Kennedy faleceu há 47 anos

Foto de Bill Eppridge

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Revivalismo


Boa noite!:))

Boa noite!

Este filme estreou hoje, em Lisboa.

Marcadores de livros - 283

Verso e reverso de quatorze marcadores: de um lado da Librería Fonseca; do outro da Librería Follas Novas, ambas em Santiago de Compostela.
Estes fazem a inveja de qualquer alma caridosa. :)


No Dia Mundial do Cinema.

Jean-Michel Basquiat, o racismo, as desigualdades as injustiças dos anos 60, 70 e 80 do século XX...

...ainda existentes no século XXI.

Uma exposição que visitei nas férias no Guggenheim, em Bilbao, .

Trecho de Martin Luther King  em destaque na exposição.

Jean-Michel Basquiat (1960-1988)em Bilbao no Guggenheim


Seis crimes, 1982, site Guggenheim Bilbao
The Museum of Contemporary Art, Los Angeles, the Scott D.F. Spiegel Collection

Basquiat conviveu com Andy Wahrol, uma amizade que o projectou no mundo da arte.

Havia uma sala dedicada a trabalhos realizados por ambos em parceria.

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Marguerite

Vale a pena ver.

Sopa de Pedra


A reinvenção de uma história popular portuguesa com ilustrações de Paula Rego e escrita da filha desta, Cas Willing . Uma edição da Porto Editora .

A arte do retrato



Mère et enfant d' Afrique Noire , uma das belas telas pintadas por Jacques Majorelle ( 1886-1962 ) durante a sua estada em Marrequeche . Com técnica mista e pó de ouro sobre papel, pertenceu às colecções Barry Friedman e Félix Marcilhac e será vendida pela Artcurial em Paris no dia 9 de Novembro . ( € 350 000 - 550 000 )

Humor pela manhã


Um quadro por dia


Um Columbano , Frutos de Outono, especialmente para a Margarida Elias .

Na Biblioteca Nacional



Bom dia !





Da primeira ópera composta por uma mulher, Francesca Caccini ( 1587-1640 ) : La liberazione di Ruggiero dall' isola d' Alcina , infelizmente também a única dela que chegou até nós .

Amanhã n'A Barraca


segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Boa noite!

«Tesourinho deprimente»


A arte do retrato


Um dos grandes coleccionadores de arte do século XX foi seguramente Alfred Taubman , morto este ano depois de sete décadas a formar um impressionante acervo que vai da Antiguidade até à arte contemporânea . Colecção esta que vai agora a leilão na Sotheby's de Nova Iorque , sendo que os 500 primeiros lotes são os das chamadas " obras primas " ( Picasso, Modigliani, De Kooning, Rothko, Matisse, Miró, Johns, Braque  etc ) . Um destes lotes é este Retrato de Cha-U-Kao, onde Toulouse-Lautrec ( 1864-1901 ) imortalizou em 1898 a famosa acrobata erótica . Pertenceu a Paul Gallimard, Paul Rosenberg , aos Wildenstein, a Florence J.Gould, sendo finalmente comprado por Taubman em 1985 .
Vai à praça dia 4 de Novembro, com uma base de licitação entre 10 e 16 milhões de euros .

Manuscrito Mallarmé

O manuscrito de um dos mais famosos poemas de Stéphane Mallarmé , Un coup de dés jamais n' abolira le hasard . Vendido na Sotheby's de Paris no passado dia 15 de Outubro por € 963 000 .

Marcadores de livros - 282


Marc Chagall : Le Triomphe de la musique

Marc Chagall trabalhando nos painéis do Metropolitan Opera de Nova Iorque: Le Triomphe de la Musique (pormenor), atelier dos Gobelins, Paris, 1966. 
© Adagp, Paris 2015. Photo : Izis © Izis-Manuel Bidermanas

A exposição Marc Chagall : Le Triomphe de la musique, recentemente inaugurada  na Philharmonie de Paris e explora as criações para espetáculos e para edifícios de Chagall, ligadas à música. São cerca de 300 obras (pinturas, desenhos, fatos, esculturas e cerâmicas). 
A exposição pode ser vista até 31 de janeiro de 2016.


domingo, 1 de novembro de 2015

Boa noite!

José Fonseca e Costa, o realizador deste filme, faleceu esta manhã.

1 de Novembro de 1755

É impossível não lembrar esta data, pelo que aprendemos na escola e pelo que lemos, história e ficção ao longo dos anos. Não foi só a Lisboa medieval que se perdeu, foram muitos tesouros das memórias do país e obras de arte - mobiliário, pintura, joalharia profana e sacra. manuscritos e partituras, entre as quais muitas que se sabe ou admite terem existido, de D. João IV - documentos da Casa da Índia, quem sabe se mesmo muita informação documental da política da expansão. Para além das inestimáveis vidas de milhares de lisboetas, sobretudo dos mais humildes, que o terramoto, o fogo e o maremoto seguintes sacrificaram. A distância no tempo faz-nos quase indiferentes. Mas é bom que nos lembremos, ao menos uma vez em cada ano, neste dia de Todos os Santos.

Vídeo breve de reconstituição do que teria sido esta catástrofe da nossa vida colectiva,


 

Vinheta - Outono

O outono parece que chegou com força: chuva, vento e um pouco de frio.

 
 
O Museu do Oriente, em Lisboa, aproveitou a época para anunciar mais um laboratório artesanal (com Constança Arouca) dedicado à arte Origami. 

Novembro

Edith Holden - Novembro (com um estorninho)

«Em Novembro, prova o vinho e planta o cebolinho.»