Prosimetron

Prosimetron

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Boa noite!

Para quem não tiver visto ontem, Angélique Kidjo, uma cantora do Benim, na comemoração dos 100 anos do Armistício.

12 de novembro de 1918


No dia a seguir ao Armistício, Claude Monet quis fazer uma homenagem em grande à Paz. O pintor anuncia a Clemenceau a sua intenção de oferecer ao estado dois painéis decorativos que estão em fase de acabamento que ele entende «assinalarem o dia da Vitória»: «É pouca coisa, mas é a única maneira que tenho de tomar parte na vitória», diz Monet ao seu grande amigo Clemenceau. O pintor deseja que o político escolha as telas destinadas ao Musée des Arts décoratifs. 
Leia este episódio aqui.

Os Nadar, uma lenda da fotografia


Os Nadar: uma tribo que vive a fotografia desde o início da sua modernidade até ao final do século XX. O genial Félix Nadal com o seu irmão Adrien, artista boémio e fotógrafo inspirado, e o seu filho Paul, patrão moderno de empresa e propagador da Kodak em França. 
Uma exposição virtual que pode ser vista no site da BnF.

Marcadores de livros - 1203


«Quien no dice la verdad, asquea; a quien la dice, lo lapidan. ¿Qué hacer?»
Voltaire


Todos da Hernida Editores e enviados pela Luisa, a quem agradeço.

domingo, 11 de novembro de 2018

Boa noite!


Grande Guerra - 40

Armistício, 11 nov. 1918.

Celebremos a Paz com castanhas e um vinhito!

Éblouissante Venise. Venise, les arts et l’Europe au XVIIIe siècle



As salas do Grand Palais abrem as portas à Serenissima Veneza, para uma homenagem às artes que anima(ra)m a história desta cidade flutuante. Piazzetta, Giambattista Tiepolo, Canaletto, Corradini e Brustolon, Porpora, Hasse, Vivaldi… Tantos nomes das artes plásticas, artes decorativas e da ópera que contribuíram para fazer de Veneza essa cidade.
No Grand Palais até 21 de janeiro de 2019.


quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Boa noite!


Mais um Dia de Vida


Mais um Dia de Vida é a adaptação ao cinema do livro homónimo de Ryszard Kapuscinski, um dos maiores repórteres de guerra do século XX.No Verão de 1975, ele é enviado para Angola, numa altura em que os portugueses estão em debandada e os movimentos de libertação se envolvem numa guerra civil sem tréguas. De uma Luanda transformada em cidade fantasma sitiada, até à fronteira sul à beira da invasão sul-africana, Kapuscinski é uma testemunha ímpar do nascimento conturbado de um novo país. Com uma técnica de animação extraordinária e um trabalho documental que vai ao encontro dos homens que com ele então se cruzaram, o filme é uma belíssima homenagem a um grande repórter de guerra. 
O filme é de Raúl de la Fente e Damian Nenow e estreia hoje no Ideal.


Marcadores de livros - 1200


Kazuo Ishiguro faz hoje 64 anos. Parabéns!

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Os meus franceses - 663


A Minha Família do Norte é um filme que tem como pano de fundo o mundo do design e uma família ch'ti, do norte de França. Divertidíssimo! Com Line Renaud e Pierre Richard, entre outros.


Mucha em Paris


Parece-me que já nos referimos à abertura desta exposição no Museu do Luxemburgo (Paris). 
Mucha está indissociavelmente ligado à imagem de Paris 1900. A sua celebridade vem-lhe especialmente dos cartazes que executou no estilo Arte Nova. Mas a sua atividade de designer oculta outros aspetos da sua atividade artística que comporta também pinturas, esculturas, desenhos, objetos de arte, etc. Através de toda esta atividade, é a figura de um homem, místico e visionário, animado de um verdadeiro pensamento político, numa época de renovação da nação checa e do fim do Império Austro-Húngaro. Todo o trabalho preparatório para A Epopeia Eslava, que o ocupa entre 1911 e 1928 é testemunho da ligação de Micha ao seu país natal e ao sonho que tinha de uma unidade dos povos eslavos. Para além da sua produção com mestre da Arte Nova. a exposição mostra-nos a personalidade singular deste artista.
Será a mesma exposição que vi em Madrid? Esta era muito, muito boa.


Marcadores de livros - 1199


Mais um belo marcador Animosa (verso e reverso), com um agradecimento à Luísa.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Os meus franceses - 662


Quinta na Biblioteca


Lá fora - 347





O Oriente que tanto fascinou o grande costureiro, aqui presente através de peças emprestadas pelo Museu Guimet, em diálogo com 50 das suas criações .



L' Asie rêvée d'Yves Saint-Laurent, até 27 de Janeiro de 2019, no Musée Yves Saint-Laurent, Paris.

Um quadro por dia - 434


Vendido a 20 de Setembro, na Sotheby's de Londres, este Boys'n' Girls, um tríptico de Damien Hirst que integrava a colecção dos seus agentes, Frank e Lorna Dunphy.

Humor pela manhã


Curioso em saber se correu tudo bem nesta feira em Tomar, já que os stands foram muito bem distribuídos ...

Bom dia !





Do novo álbum deste canadiano virtuoso do piano .

Berthe Morisot com raminho de violetas


Mercredi 1er juillet [1998]

J’ai vu ce matin […] le portrait que manet a fait de Berthe Morisot en 1872. Il a alors 40 anos, elle 31. C’est un tableau bouleversant de vivacité, de curiosité, d’amour. Une victoire de la Commune de Paris, en noir positif. Berthe est la belle-soeur de manet, mais surtout sa belle-soeur. Dans le bouquet de violettes du corsage s’affirme la victoire sur la mort (Morisot). Le sourire de la mort. Manet avait été très déprimé, l’année précédante, par les massacres de la Semaine sanglante. […] 
Ce Manet est un des plus beau portraits du monde. Il illumine ma journée.» 

Philippe Sollers in L’année du Tigre, p. 155-156

Marcadores de livros - 1198

Marcador com um pormenor das tapeçarias do Unicórnio do Castelo de Stirling, na Escócia.


segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Boa noite!


Caravaggio em Roma: amigos & inimigos


Tocador de alaúde (pormenor)

Telas de Caravaggio, provenientes dos maiores museus italianos, permitem ver no Museu Jacquemart-André até 28 de janeiro de 2019 a atividade romana do pintor maneirista até ao seu exílio. Estas telas dialogam com outras pinturas de pintores contemporâneos de Caravaggio, como o Cavalier d’Arpin, Annibal Carrache, Orazio Gentileschi, Giovanni Baglione ou Ribera, a fim de se poder compreender todo o génio inovador de Caravaggio, bem como termos consciência da efervescência artística que se vivia então na Cidade Eterna. 


Marcadores de livros - 1197

Verso e reverso.

No Dia Mundial do Cinema.

sábado, 3 de novembro de 2018

Os meus franceses - 661


O chá das cinco - 117

John Frederick Peto - Still life with layer cake and tea service

Para o lanche da Margarida.

Auto-retrato(s) - 262

Alfredo Andersen - Auto-retrato, 1926

Alfred Emil Andersen nasceu na Noruega, tendo-se radicado no Brasil, onde faleceu. É conhecido como Alfredo Andersen.

Robert Doisneau, o Rebelde do Maravilhoso


Hoje é dia de vermos Robert Doisneau, o Rebelde do Maravilhoso de Clémentine Deroudille no Cinema Ideal. Mas caso não o possam fazer, podem sempre recorrer ao DVD:

Parabéns, Margarida Elias!


Barco

Margens inertes abrem os seus braços
Um grande barco no silêncio parte.
Altas gaivotas nos ângulos a pique,
Recém-nascidas à luz, perfeita a morte.

Um grande barco parte abandonando
As colunas de um cais ausente e branco.
E o seu rosto busca-se emergindo
Do corpo sem cabeça da cidade.

Um grande barco desligado parte
Esculpindo de frente o vento norte.
Perfeito azul do mar, perfeita a morte
Formas claras e nítidas de espanto

Sophia de Mello Breyner Andresen
In: Coral, 1950

Um dia feliz!