Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 19 de abril de 2014

Hello!

No 6.º aniversário do Prosimetron

Parabéns! 

Van Gogh - Natureza morte com cesto e seis laranjas, 1888
Col. particular

A pintura do ovo


O número 6

2x6 trajes

Parabéns Prosimetron!

Parabéns Prosimetron, muitos anos de vida!

Porque estamos na Páscoa o meu presente virtual é este ovo (que adoraria ter).
Agradeço aos restantes Prosimetronistas esta partilha que continua a ser um  lufada de ar fresco. 

The Dance Of The Sugar Plum Fairy Porcelain Musical Egg
  Daqui




Faço votos para que em breve nos vejamos.:))

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Boa noite!

A Semana Santa na música renascentista europeia


William Cornysh (1465 - 1523), um dos compositores ingleses mais importantes da viragem para o século XVI, adaptou o texto Woefully arrayed, normalmente atribuído a John Skelton, a uma peça musical para coro que integra o precioso Choirbook de Eton.
Woefully arrayed (revestido de dor) traduz uma meditação profunda sobre Cristo na cruz. Naturalmente muito distante do requinte e da sofisticação próprios da época barroca, esta abordagem está, no entanto, repleta de gestos afetivos que, de forma intensa, relembram ao ouvinte o sofrimento e a dor de Jesus para salvação do homem.
     
Por ocasião do dia de hoje, Sexta-Feira Santa, segue o registo desta obra na interpretação do conjunto Stile Antico.
 


Imagem: pormenor mostrando Maria Madalena no painel da Descida da Cruz de Rogier van der Weyden

Obrigada, Gabo!

Escreveu livros fantásticos. O primeiro que li foi Cem anos de solidão, seguido de Ninguém escreve ao coronelOs funerais da Mamã Grande e O outono do Patriarca. Depois estive uns anos sem o ler até sair O amor nos tempos de cólera, a que se seguiram (não sei bem se por esta ordem) Crónica de uma morte anunciada e A aventura de Miguel Líttin, clandestino no Chile. O último foi Viver para contar
Gabriel García Márquez é muito apreciado cá em casa.

http://tatoobild.com/papel/papel-parede-rosas-amarelas-related-pictures-papel-parede-rosas-.html
Rosas amarelas, as preferidas do escritor.


A menina vai pintar os ovos?

Parecem estar já pintados. :)

In Memoriam


Gabriel García Márquez 1927-2014

Fotografia da Wikipedia

"Desconcerta-me tanto pensar que Deus existe como que não existe."

Gabriel García Márquez

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Os meus franceses - 329

A Semana Santa na música renascentista europeia


Thomas Tallis (1505 - 1585) exerceu o cargo de mestre da Chapel Royal ao serviço de quatro reis da Inglaterra, o que o obrigou a compor, quer obras mais complexas para várias vozes segundo a liturgia católica - durante o reinado de Henrique VIII e Mary I -, quer peças mais curtas em inglês, para agradar aos monarcas protestantes, Eduardo VI e Isabel I.  Mesmo no período pós-reforma, o latim continuou assim presente nos Colleges mais conhecidos, tais como o de Oxford ou Cambridge.
O sacrum convivium (A santa ceia) provém de um colecção de 34 motetes, intitulada Cantiones quae ab argumento sacrae vocantur e publicada por Tallis e William Byrd em 1575, quando Isabel I concedeu um monopólio de impressão de partituras aos dois compositores.  
Divulgado portanto durante a época isabelina (e protestante, por conseguinte), O sacrum convivium representa uma peça claramente católica que recorre a um texto da liturgia do Dia do Corpo de Deus da autoria de São Tomás de Aquino.
Não sabemos se esta obra foi ou não alguma vez interpretada em igrejas inglesas. Sabemos, no entanto, tratar-se de uma das composições mais belas de Thomas Tallis.

Por ocasião do dia de hoje, Quinta-Feira Santa, segue então O sacrum convivium interpretado pelo coro de St. George de Windsor.
 


Imagem: detalhe do vitral da igreja Wiesenkirche em Soest (Alemanha)

"O modelo não é a esfera..."

Detalhe da Pietà, Santa Maria Maior - Sé de Lisboa
[autor?]

Coloquei a Virgem em maior destaque para se ver a lágrima (14:00h)


O modelo não é a esfera, que não é superior às partes, onde cada ponto é equidistante do centro e não há diferenças entre um ponto e outro. O modelo é o poliedro, que reflecte a confluência de todas as partes que nele mantêm a sua originalidade. Tanto a acção pastoral como a acção política procuram reunir nesse poliedro o melhor de cada um.

Papa Francisco, "A Alegria do Evangelho, Exortação Apostólica Evagelii Gaudium". Prior Velho: Edições Paulinas, 2013, p. 157 [cap. IV, III- O bem comum e a paz social]

O Papa Francisco ainda é para mim um enigma. Perante esta minha opinião a  Isabel ofereceu-me este livro, a quem deixo o meu agradecimento. 

Uma Páscoa Feliz!


Bispa Franceléia e Pastora Simone amanhã no Campo Pequeno


Flores para HMJ e APS

Trás-os-Montes, 13 abr. 2014

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Boa noite!

125 Anos de Alberto Caeiro

Na Biblioteca Nacional de Portugal existem, no espólio de Fernando Pessoa, dois relatos sobre o nascimento de Alberto Caeiro, que se apresentam:

BNP/E3, 21-34

BNP/E3, 21-72

E a informação em ambos é concordante: Caeiro, nasceu a 16 de Abril de 1889, às 13:45' horas.



Leituras em dia...

Ando a ler o livro de Schlink: O Regresso tal como O Leitor (do mesmo autor)é um livro interessante que nos faz pensar. Nele encontrei a referência de Arvo Pärt que deixo para homenagear o Dia Mundial da Voz, já referido por MR.
Cortesia do Google

Nele encontrei a referência Arvo Pärt

25 de Abril em exposição


terça-feira, 15 de abril de 2014

Boa noite!


No Dia Mundial da Voz.

Tarde de um reformado



Baratinha por causa dos miseráveis cortes nas pensões.Visita à exposição patente na Fundação Gulbenkian , "Os Czares e o Oriente", com peças da colecção do Kremlin, oferecidas aos czares pela Turquia e pelo Irão, nos séculos .XVI-XVII. Com várias preciosidades. A exposição é pequena, mas merece uma visita. Aberta até 18 de Maio.
 
 

A nossa vinheta

A Cristo na cruz
O bem que a tantos bens me convidava,
O qual desmereci, vós merecestes
Que a vida que por meu amor perdestes,
A vida me alcançou que eu desejava.

O mal que a tantos males me obrigava,
O qual não satisfiz, satisfizestes,
Que a morte que por meu amor sofrestes,

Da morte me livrou, que eu receava.
A vós Deus amoroso, a vós só amo,
De vós pratico, só, de vós escrevo,

 
Por vós a vida dou, e a morte quero,
Em vós fogo de amor, em vós me inflamo,
Pois que pago por vós o mal que devo,
E mereço por vós, o bem que espero.

Padre Baltasar Estaço (Portugal 1570 - 16--?)
 
Nasceu em Évora e foi cónego da Sé de Viseu. Dedicou-se à poesia e à filosofia escolástica. Por motivos desconhecidos, foi processado pela Inquisição e preso em Julho de 1614. Sabe-se que esteve preso em Coimbra em 1616, onde se tentou suicidar, sendo transferido para Lisboa no ano seguinte. Em 1620 é condenado a prisão perpétua, mais é libertado em 1621 com a condição de não voltar a Viseu. Publicou, a pedido de D. João de Bragança, bispo de Viseu, a obra Sonetos, Éclogas e Outras Rimas (Coimbra, 1604), onde glorifica vários santos e condena as vaidades do mundo num estilo em que ele próprio se propõe dar o exemplo de humildade, mas que é sobretudo feito da exploração teológica dos paradoxos e da coincidentia oppositorum no amor a Deus. Deixou diversas obras manuscritas.

Caixa do correio - 24

Meninos a ler em Macau.

Ontem recebi estes dois postais, de duas amigas.

Lá fora - 202 : TURNER






Últimos dias para ver TURNER AND THE SEA no National Maritime Museum, em Greenwich, Londres. Até 21 de Abril, e bem gostaria de a ver já que é provavelmente o meu pintor naútico favorito.

Humor pela manhã


Um copo bem giro !

Bom dia !





A grande cantora africana.

Toca a levantar, preguiçosos!

Il. de Nancy Carlson

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Boa noite!

Diner time?


Boa tarde!

Para o Luís com o seu:"Um quadro por dia" e para a MR com: "Um bom pequeno-almoço", rubricas que nos dão os bons dias, deixo:

Uma tela da exposição, Do princípio ao fim, da artista plástica Sílvia Patrício que esteve patente na Casa Municipal da Cultura de Coimbra; e umas flores do campo.

Sílvia Patrício, Naufrágio 
Sílvia Patrício nasceu em Vincennes, em 1974. 

Flores campestres

Fazem falta.:))

domingo, 13 de abril de 2014

Boa noite!

A Semana Santa na música renascentista europeia


A Harmonia Mundi editou em 2012 um CD com obras dedicadas à liturgia da Semana Santa, interpretadas pelo conjunto de Música Antiga britânico, Stile Antico. Este CD contém textos, inspirados na Paixão e Ressurreição de Cristo.  Duas transposições musicais do poema Woefully Arrayed, uma composta por William Cornysh (ca. 1465 – 1523), e outra pelo compositor contemporâneo John McCabe (nascido em 1939) em especial para este agrupamento, constituem pontos altos desta gravação. Estas e outras peças conduzem-nos a uma viagem pela música renascentista da Inglaterra e do continente europeu que começa com e entrada de Jesus em Jerusalém no Domingo de Ramos, seguida da Última Ceia na Quinta-Feira, Crucificação e Morte de Cristo na Sexta-Feira Santa, culminando na Ressurreição no Domingo de Páscoa.
O hino “Hosanna to the Son of David” inicia uma pequena série de obras musicais que, ao longo desta semana, reproduzirá alguns registos de Stile Antico e de outros conjuntos vocais. Hosanna to the Son of David é da autoria de Orlando Gibbons (1583 – 1625) que sucedeu a  Thomas Tallis e William Byrd na Chapel Royal inglesa. Na interpretação do King’s College de Cambridge, ouçamos então este belo anthem para seis vozes.  


Imagem: Busto retratando Orlando Gibbons na Canterbury Cathedral

Livros de cozinha - 76

Capa de Constantin Alajalov - Gourmet cook, 13 abr. 1946

O que estará o nosso cozinheiro a preparar-nos para o jantar? E que livro estará a consultar? Será este?


Lírio

Bom domingo!
Lírio um hino à beleza.

Um imperador da dinastia Qi arrebatado pela beleza de uma concubina, exclamou:
«Onde quer que ela pise, surge um lírio».

O Livro dos Símbolos, Reflexões sobre Imagens Arquetípicas. Cologne: Taschen, 2012, p.156