Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 19 de janeiro de 2013

Valsamos?

Boa noite!

Boa viagem, Jad!

Estas canções já andaram pel'«os meus franceses», mas como gosto de ambas, aqui voltam. 

Caixa do correio - 13

Esta semana, recebi uma carta com este selo. Mas só hoje reparei que ele é uma homenagem a Sá de Miranda. 

Para APS.

A neve, o bom e o mau

RFI/Anthony Terrade (18.01.2013)

Paris com neve tem o seu encanto. Mas para mim já deu atraso de um dia na viagem. Aeroporto fechado. Espero que hoje tudo esteja resolvido.

Cuecas, 1999. Alex Flemming



E cada cueca é assinada e numerada.

Alex Flemming,
Cuecas, 1999
Lounge Air-France, Aeroporto de Lisboa.

Na hora dele

http://www.pontomarketing.com/wp-content/uploads/coffee_planet-300x299.jpg

Café e uma fatia de panettone

Bom dia!

Gerânio num dia de chuva

Matisse, O Gerânio, 1910  (Sotheby's)


Ontem fui ver a A Vida de Pi, um filme de Ang Lee que me cativou. Provocou-me saudades da Índia, mais propriamente de Goa. A religiosidade peculiar, o mosaico de culturas patente na fita, a viagem em sentido metafórico tudo contribuiu para olhar para este gerânio num dia horrível de temporal.

Bom dia!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

As 1001 noites

Idat Rubinstein e Vaslav Nijinski. por Georges Barbier, 1913

Exposição no Instituto do Mundo Árabe, em Paris, até 28 abr. 2013.

Saudade de um poeta

 
 
Soneto de Mal Amar

Invento-te recordo-te distorço
a tua imagem mal e bem amada
sou apenas a forja em que me forço
a fazer das palavras tudo ou nada.

A palavra desejo incendiada
lambendo a trave mestra do teu corpo
a palavra ciúme atormentada
a provar-me que ainda não estou morto.

E as coisas que eu não disse? Que não digo:
Meu terraço de ausência meu castigo
meu pântano de rosas afogadas.

Por ti me reconheço e contradigo
chão das palavras mágoa joio e trigo
apenas por ternura levedadas.

Ary dos Santos, in 'O Sangue das Palavras'

 Completaria hoje 76 anos

2013 - III



Amesterdão celebra este ano os 400 anos dos seus canais, considerados Património da Humanidade. Mas na capital holandesa 2013 é pródigo em comemorações. A saber: reabertura do Rijksmuseum, após 11 anos de trabalhos de conservação e restauro; 40º aniversário do museu Van Gogh; 100 anos do museu Fran Hals; 125 anos do Concertgebouw e da Royal Concertgebouw Orchestra, ou os 175 anos do Artis Royal Zoo. A cidade de Haia também vai estar em festa com as celebrações do bicentenário da monarquia holandesa e dos 300 da assinatura do Tratado de Utrecht.

Os meus franceses - 248

O jornal Público vai editar a coleção Chanson Française, uma oportunidade para se reencontrar ou descobrir alguns dos melhores cantores franceses de sempre. Quinze volumes que reúnem os temas mais populares de artistas como Jacques Brel, Charles Aznavour, Edith Piaf, Juliette Gréco, Yves Montand, Léo Ferré ou Serge Gainsbourg. Cada volume, cuja capa é da autoria de ilustradores conhecidos como Gonçalo Viana, Alex Gozblau ou André Carrilho, é dedicado a um cantor, com um booklet que traça o seu percurso. Todas as quintas-feiras, a partir de 24 de janeiro.

«Entrei numa livraria»...

Desenho de Almada Negreiros

«Entrei numa livraria. Pus-me a contar os livros que há para ler e os anos que terei de vida. Não chegam, não duro nem para metade da livraria. Deve certamente haver outras maneiras de se salvar uma pessoa, senão estou perdido.»
Almada Negreiros
In: A invenção do dia claro, 1921

No seguimento de um post do Luís.

Pacotes de açúcar - 52

Seis pacotes de uma série. Penso que são todos, já que o sexto é diferente. Em baixo está o verso dos seis.

Agradeço ao Jad, que mos arranjou.

Pensamento (s)


Muito singelo, mas certamente comum a muitos de vós.

Um quadro por dia


Pesqueiros holandeses numa tempestade, de William Turner.

Humor pela manhã


Bom dia !



O vídeo do lançamento de um cd-livro, La Canso, que lembra a canção da cruzada contra os cátaros ilustrado com 200 iluminuras em 98 páginas, acompanhado de um cd com a suite sinfónica Partage composta por Christian Salès.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

O prazer da leitura

Estou a ler o livro Santa Teresa de Ávila de Marcelle Auclair, editado no Porto pela Livraria Apostolado da Imprensa, em 1953. Arranjei-o na Livraria Lumière. O livro custou ao primeiro proprietário 45$00.
É um prazer ler um livro dos anos 50 cuja linguagem é deliciosa, para além da narrativa estar bem documentada.  

Marcelle Auclair [Imagens do Google]



Os meus franceses - 247

Recordando um poeta

 






5






 






 





 

LIVRO DE HORAS
Aqui, diante de mim,
Eu, pecador, me confesso
De ser assim como sou.
Me confesso o bom e o mau
Que vão ao leme da nau
Nesta deriva em que vou.
Me confesso
Possesso
Das virtudes teologais,
Que são três,
E dos pecados mortais,
Que são sete,
Quando a terra não repete
Que são mais.
Me confesso
O dono das minhas horas.
O das facadas cegas e raivosas
E o das ternuras lúcidas e mansas.
E de ser de qualquer modo
Andanças
Do mesmo todo.



Para o JAD




25







 






 






 

Me confesso de ser charco
E luar de charco, é mistura.
De ser a corda do arco
Que atira setas acima
E abaixo da minha altura.
Me confesso de ser tudo
Que possa nascer em mim.
De ter raízes no chão
Desta minha condição.
Me confesso de Abel e de Caim.
Me confesso de ser Homem.
De ser um anjo caído
Do tal céu que Deus governa;
De ser um monstro saído
Do buraco mais fundo da caverna.
Me confesso de ser eu.
Eu, tal e qual como vim
Para dizer que sou eu
Aqui, diante de mim!


Miguel Torga
Morreu em 17 -1-1995


Émilie hoje na Gulbenkian

Retrato da autoria de Maurice Quentin de La Tour

«Não há que confundir os preconceitos com as conveniências.»
Émilie du Châtelet (in Discurso sobre a felicidade)

A ópera Émilie, de Kaija Saariaho, com libreto de Amin Maalouf, é hoje e amanhã cantada na Gulbenkian. Pressentido a morte, a matemática e física Émilie du Châtelet relembra a sua vida.

Leituras no Metro - 114



Esta leitura não é minha (já foi o há muitos anos). A minha vizinha de banco, ontem de manhã, lia Os miseráveis de Victor Hugo, nesta edição do Círculo de Leitores. E eu pensei: o filme já valeu a pena!
Cosette, ilustração de Émile Bayard.

Elegâncias - 92

Dois anéis: um da Chopard, outro da Guess.


Os meus franceses - 246

Françoise Hardy faz hoje 69 anos. Parabéns!

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Decoração culinária para MR

Aqui vai uma sugestão para decorar os seus dotes culinários.

Um pintor catalão

Augusto Ferrer Dalmau é um pintor catalão, herdeiro do hiperrealismo do século XIX. Terminou há pouco uma grande tela que reproduz a batalha de Rocroi, em que as forças espanholas, em 19 de Maio de 1643, foram derrotadas pelas francesas, comandadas por Louis de Bourbon, mais tarde príncipe de Condé. As forças espanholas eram comandadas pelo português D.Francisco de Melo, Conde de Assumar e de Toredelaguna,filho primogénito de D. Constantino de Bragança, da Casa dos marqueses de Ferreira, em Espanha, que era governador de armas da Catalunha e mesmo depois da Restauração continuou ao serviço espanhol. Ferrer Dalmau tem-se dedicado à pintura de cenas de guerra com intervenção de Espanha com alta cotação.

Pacotes de açúcar - 51


Mais m pacote desta série de doçaria portuguesa.

Quem gosta de azedas?


terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Um retrato

"Em arte tudo está naquele 'nada'."
Tolstoi

Giovanni Boldini, Retrato de Marquesa Luísa Casati com um galgo: 1908 (cortesia Google)



Boa noite!

2013 - II



Seguindo com aniversários musicais, Itália vai celebrar este ano o 200 aniversário de Guiseppe Verdi. Haverá ópera em todos os grandes teatros e as melhores programações centram-se em Milão, Verona, Veneza, Roma, Florença e Nápoles. Os agentes de viagens inspiraram-se nestas celebrações propondo o Tour Aida, que inclui visitas a Roma, Siena, Florença, Veneza, Nápoles, Sorrento (na imagem) e Capri.

Onde roubar um beijo, no Dia dos Namorados


Isidoro Merino, especialista espanhol em viagens, sugeriu para o El País os dez locais no Mundo onde se deve roubar um beijo à pessoa amada, no Dia dos Namorados que não tarda a chegar. 
São lugares românticos e conhecidos por servirem de pano de fundo a filmes e histórias de amor.

Ei-los:
Ponte dos Suspiros (Veneza); Pont-Neuf e Pont de Passy (Paris); A Garganta do Diabo (Iguaçu); Pontes de Madison (Iowa); Kissing (Baviera); Ponte Milvio (Roma); Ilha de Páscoa (Chile); East Side Gallery (Berlim); Times Square (NY); Kissimmee (Flórida).

PENSAMENTO (S)



A inveja é o segredo de toda esta gente e a gazua que lhes desvenda a alma.
Em Portugal, a mesquinhez é uma violência.

A inveja é a expressão portuguesa do ódio.


- Marcello Duarte Mathias, na página 20 deste livro que tem lugar cativo na minha mesa de cabeceira desde que o comprei.

Humor pela manhã


Bom dia !

Para os fãs


Elegâncias - 91

Quatro modelitos de relógios Leopardo da Guess.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Boa noite!

Wende Snijders

Não é francesa. Todavia, canta em francês de uma forma muito interessante. Em especial para a MR. 
Da Holanda, oferecida pelo blog Presépio Com Vista para o Canal.

2013



Este vai ser um ano repleto de eventos culturais, aniversários e celebrações pelo mundo fora.
E alguns destes acontecimentos merecem destaque especial, como o caso da Alemanha, onde várias das suas cidades celebram o 200 aniversário do nascimento de Richard Wagner. Visitas guiadas, espectáculos, concertos e outros eventos vão animar não só Leipzig, a cidade natal do compositor, mas muitas outras. Também os 200 anos da publicação dos contos dos irmãos Grimm vão ser dignamente recordados em  Kassel, Berlin, Hanau ou Steinau. Amanhã e nos dias seguintes irei aqui trazer outros exemplos, outras cidades, com fortes motivos para celebrar 2013.

Poesia

Um simples verso
que muda o mundo
e o universo.

Solange de Aragão

Pacotes de açúcar - 50

Mais nove pacotes, de uma série de 30 de frases feitas. É provável que alguns deles já tenham sido aqui postados ou no Arpose.

domingo, 13 de janeiro de 2013

Mama, you've been on my mind

O que estou a ouvir. Boa noite!

Boa noite!

Música do Al- Andaluz

Vai decorrer em quatro cidades algarvias - Lagoa, Loulé, Lagos e Silves - o 13º Festival de Música Al- Mutamid, entre 25 de Janeiro e 23 de Fevereiro. O Festival reúne exclusivamente música dos povos das culturas monoteistas: cristã, muçulmana e judaica.
O nome do festival evoca o rei-poeta Al - Mutamid, que  governou Silves desde os 13 anos e aí passou grande parte da sua juventude, tendo sido rei de Sevilha, o último da dinastia Abádidas e destronado pelo emir dos Almorávidas Yussuf ibn Tashin, foi exilado em Aghmat, perto de Marraquéxe, onde se dedicou à poesia que cultivou desde muito novo. Em 1967 a Família Real de Marrocos mandou-lhe construir um mausoléu, que é muito visitado pelos poetas.
Participam neste evento Nadia Baroud e Kabilyie Ensemble, com música argelina,  Masmudi Kebir Ensemble, com música do Egipto e o espanhol Emílio Villalba, com música para instrumentos peninsulares da época.

Evocação a Silves

Dá saudades a Silves e pergunta-lhe,
Ó meu caro Abu Bekr, se esses montes,
Esses lugares impressos na minha alma,
Estampas vivas dos meus sonhos jovens,
Se recordam de mim. E diz ainda
A esse inolvidável Charadjib,
Ao soberbo palácio cujas salas,
Sempre cheias de moços e beldades,
Davam exacta ideia de uma cova
De cálidos leões ou de um harém,
Diz-lhe que longe - e longe só da vista
Mas não do coração - vegeta um homem,
Um exilado do seu ninho afável,
Ardendo em ânsias de tornar a vê-lo! (...)


Al- Mutamid

Nadia Baroud



Masmudi Kebir Ensemble





Emílio Villalba



Ver programa em http://juventude.gov.pt/eventos/cultura/paginas/festival_musica_almutamid.aspx

Visitas de domingo

George Hughes - «Sunday visitors», 1 feb.1954

Os meus franceses - 245

Uma das primeiras canções francesas que aprendi.

Bom dia!

Elegâncias - 90

Mais uns sapatos Christian Louboutin!