Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Marcadores de livros - 141

 
Frente e verso de um marcador, que anuncia a atuação da Glenn Miller Ochestra em Castelo Branco. Será que a Isabel esta lá?

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Boa noite!

Trevos

Lisboa, 12 fev. 2014
Num dia de chuva.

Citações


(...) Porque fogem ao diálogo? Porque se furtam ao compromisso? Apenas e só por uma razão - a falta de coragem que resulta dos tradicionais cálculos eleitorais e da proverbial incapacidade de bater o pé aos aparelhos partidários. Neste plano, António José Seguro é o que mais exagera. Pode ter tido razões de queixa, no passado, mas não tem o direito de, com a sua sistemática intransigência, comprometer eternamente o futuro. Afinal, o que teria sido do país se, em 2011, PSD e CDS se tivessem recusado a assinar o Memorando que o PS negociou? Tal como hoje, também à época estávamos em vésperas de eleições. E, mesmo com a assinatura que colocaram no Memorando, os dois partidos não deixaram de as ganhar. Mais explicações e evidências para quê? Afinal, o povo aprecia gente de coragem. Do que não gosta mesmo é de políticos que se encolhem.

- Luís Amado, na VISÃO desta semana.

Biografias e afins



O primeiro volume dos diários de Rita Ferro, editado pela D.Quixote e cobrindo Maio a Novembro de 2013. Um daqueles casos em leio com muito mais agrado as crónicas e a escrita mais íntima do que a ficção.

" Os projetos entretêm. Construí uma casa onde pudesse morrer, casei convencida de que era a última vez. Acreditei nisto como acredito na minha mão direita. Já não tenho a casa nem a última vez, e a todo o momento posso perder a mão direita. "

Bom dia !





Uma das obras de que mais gosto deste compositor, Les Indes Galantes. É Ano Rameau, e hoje é a estreia da encenação da mesma por Laura Scozzi para a Opéra National de Bordeaux, dirigida por Christophe Rousset. No Grand-Théâtre de Bordeaux, até 1 de Março.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Os meus franceses - 318


Boa noite!

O chá das cinco - 65

Elegant lady drinking a cup of tea
Il. de Penrhyn Stanlaws, 20 fev. 1926

Onde me apetecia estar


Gostava de conhecer um dia a região de Avignon, sede do Papado durante décadas, e hoje também como motivo de interesse a Collection Lambert. Mas visitaria também o que resta do Hôpital Psychiatrique de Montdevergues, onde Camille Claudel, sobretudo por vontade da mãe, esteve internada mais de 30 anos até à sua morte por falta de nutrição em 1943. E nunca visitada nem pela mãe nem pela irmã, apenas pelo irmão Paul. O hospital de Montfavet, herdeiro do primitivo, guarda as tristes cartas de Camille à família e aos médicos, sempre proibida de esculpir...

Um quadro por dia



Ludovic-Napoléon Lepic ( 1839-1889 ) volta ao Prosimetron, desta vez com uma marinha : Plage à l'ancre Nº3, 1879, óleo sobre tela, 30x60cm, col.particular. Marinhas estas que o tornaram conhecido e a ser nomeado Pintor da Marinha em 1881.

Números


968

É este o número de lojas de compra e venda de ouro encerradas em 2013, o final de um boom depois de dois ou três anos em que floresceram como cogumelos, algumas em vão de escada quase.

Novidades


Já se conhecia o talento de Victor Hugo ou Cocteau, a surpresa vem de nomes mais inesperados como Hesse, Gogol, Conrad, Maupassant ou Bukowski.

Citações


(...) O não pagamento dos dividendos da Unitel à PT visa forçá-la a sair de Angola. Ali, Deus quer, Isabel sonha e a compra faz-se. E Deus é da família de Isabel dos Santos.

- Nicolau Santos, no Expresso do passado sábado.

As armadilhas do investimento estrangeiro, especialmente o português, em Angola.

Lá fora - 196


Era para ter sido ontem, dia do aniversário do seu nascimento, mas aqui fica hoje um lá fora muito especial porque virtual : há 10 anos, quando os herdeiros de André Breton foram mesmo para a frente com a controversa venda da colecção Breton, foi decidido criar um museu virtual antes da dispersão dos objectos acumulados pelo pai espiritual do Surrealismo.
É o musée virtuel André Breton, disponível aqui : www.andrebreton.fr/

Humor pela manhã





A velha estrela de Hollywood, cuja sabedoria foi ontem recuperada pelo Sr.Vice Primeiro Ministro.

Bom dia !





O famoso tango El Choclo de Villoldo pelo quarteto Altra Volta.

Peixes

A forma da jarra é da autoria de Gunnar Wennerberg, a decoração de Suzanne Bossuet
Jarra d'Ormoy
Porcelana dura, 1926
Sèvres

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Boa noite!

A cantora romena Irina Loghin faz hoje 75 anos.

«Porque se esconde a lua?» Só dia 1 de março é que teremos Lua Nova. :)

Citações



(... ) Talvez devesse haver uma greve em que não houvesse cinema, teatro, dança, livros, ópera, bibliotecas, escolas... Tudo fechado. Que só ficassem os supermercados e os bancos, para que se entendesse o vazio enorme que resta. 

- João Tabarra, no Expresso do passado sábado.


Descoberta


 



Não conhecia e hoje deparei-me com este pintor francês. Jules-Jean Antoine Lecomte de Nouy,  parisiense que nasceu em 10 de Junho de 1842 e morreu em 19 de Fevereiro de 1923.  Pintor orientalista, também foi retratista e escultor. Será que na recente visita a Paris os nossos recentes viajantes prosimetristas o encontraram?


Um lírio

Bom dia!

Pintura pré-rafaelita



Desta exposição que apresentava pinturas de alguns dos mais célebres pintores pré-rafaelitas ingleses, tais como Alma-Tadema, Leighton ou Burne-Jones, pertencentes à coleção de Pérez Simon, a minha escolha recaiu neste quadro de Strudwick.

John M. Strudwick - In the golden days, ca 1907 
Óleo sobre tela 
México, Col. Pérez Simón

Ginjinha


terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Amor-perfeito

Prenúncio de Primavera 


O Amor-perfeito para além da sua beleza é usado para enfeitar saladas e sobremesas. Por ter um sabor um pouco adocicado é muitas vezes introduzido em saladas de frutas. [Agradeço a MR que me alertou para o seguinte: os amores-perfeitos usados na alimentação são produzidos para o efeito. Isto é, os que compramos não podem ser ingeridos. (12:34 h 19-02-14)]
Gosto da simbologia desta flor.

Boa noite!

Chapéus de chuva

Lisboa, fev. 2014
Alguns dos que encontrei na cidade, num dos dias de ventania.

Um quadro por dia


Gustav Zafaurek ( 1841- 1908 ), O vendedor de gelados, 1895, Museu de Viena.

E os mais curiosos quanto a esta escolha ficarão deliciosamente surpreendidos aqui : Rua 4 de Infantaria, 26, r/c esq ( Jardim da Parada ), em Campo de Ourique.

Telhados de Paris

Vistos do Centro Pompidou
Paris, 25 jan. 2014

Bom dia !





Mais uma canadiana fantástica, de origem jamaicana.

Cinenovidades





Uma coprodução Canadá-Espanha, com realização do canadiano Denis Villeneuve e protagonizada por Jake Gylenhaal , mas com ligação a Portugal : é uma adaptação do romance O Homem Duplicado ( 2002 ) de José Saramago. Chega cá em Junho.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Boa noite!

Contradições - "Os Rios na Vogal"

As contradições do tempo: as acácias floridas e as cheias do vale do Mondego.
A beleza à vista mas também a tristeza do homem.


No vale do Mondego, uma garagem sem saída.

OS RIOS NA VOGAL

Há um corte na poesia um cantar débil
um corte no vocábulo e na rima
falta-lhe Pessanha a flauta débil
Semi-Rami do poeta Ângelo de Lima.

De Mário de Sá Carneiro o oiro onírico
de Pessoa a magia demiúrgica
falta talvez o verso surrealírico
há um corte no vocábulo e na música.

"Só incessante um som de flauta". Falta
a flauta na estrutura lexical.
A partitura. A pauta. Falta a pauta.

Falta o ritmo que exalta e sobressalta.
De Babilónia os rios na vogal.
A flauta de Pessanha. Flauta a flauta.

Manuel Alegre, Sonetos do Obscuro Quê. Lisboa: Publicações D. Quixote, 1993, p. 38.

Bolas de Berlim

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=204876182988384&set=a.184765071666162.47895.184301495045853&type=1&theater

Há dias uns amigos, sabendo da minha paixão por bolas de Berlim (boas!), encomendaram na pastelaria Dom Trigo umas das duas qualidades que se vêem na foto. No próprio dia, comi uma de formato normal (esquerda) - ótima! -; no dia seguinte comi uma da direita e ainda se comia muito bem. Nada dura, nem borracha, como costuma acontecer à maioria das bolas de Berlim no dia seguinte. Umas tinham creme da casa, mas também experimentei o creme com sabor a limão e gostei. Só é pena a pastelaria ficar um pouco fora de mão e ter de se ir muito cedo porque esgotam.

https://www.facebook.com/dom.trigo

Tudo porque pediu a fatura do café…


Um quadro por dia

Joachim Beuckelaer ( 1533-1574 ), O talho, 1568, Museu Nacional de Capodimonte, Nápoles.

A propósito do almoço que vou ter daqui a pouco : um belo cozido à portuguesa.

Números



Este é o ano em que o Barclays planeia despedir, pelo menos, 10 000 trabalhadores e ao mesmo tempo aumenta em 10%, quase 3 mil milhões de euros, os bónus de directores e administradores. Os paradoxos do capitalismo ...

Pensamento ( s )



Le problème des migrations sera sans doute un des grands problèmes politiques de l' avenir.


- Michel Foucault, na conferência de imprensa que organizou, e onde conseguiu ter ao seu lado Sartre e Aron, no Collège de France sobre o acolhimento dos boat people salvos no Mar da China. O ano era 1979.

Neste dia em que uma das primeiras notícias que ouvi na rádio foi a entrada ilegal de cinquenta e tal magrebinos em Melilla, agora procurados pelas autoridades do pequeno território espanhol encravado no norte de África.

Bom dia !





De Saverio Mercadante.

Humor pela manhã


O surrealismo e o objeto

Uma belíssima exposição sobre O surrealismo e o objeto encontra-se até 3 de março no Centro Pompidou, em Paris.
Numa segunda fase da história do Surrealismo, com início em 1927, os surrealistas afirmam-se por uma reinvenção do real. O sonho, os poderes do inconsciente inspiram um automatismo gráfico e de escrita, uma poesia «a toda velocidade», pronta a transbordar, a assustar o real.
Vou mostrar algumas peças: umas atuais; a maioria dessa época.

Mona Hatoum - Colar de cabelo, 1995
Col. da artista
Théo Mercier - A companhia do bom-gosto, 2012-2013
Arnaud Labelle-Rojoux - Na mão do diabo, 2013
Não fixei o autor desta mão.
Salvador Dalí
Salvador Dali - Busto de mulher retrospetivo, 1936-1976
Alberto Giacometti - Mão presa, 1932
Zurique. Künsthaus 
Hans Bellmer - A boneca, 1933-1936
Paris, Centro Pompidou
Picasso - Personagem, 1935?
Máquina de enrolar cigarros em metal pintado
Quatro fotos com imagens de peças de Miró, no final desta exposição.