Prosimetron

Prosimetron
Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

sábado, 5 de outubro de 2013

Boa noite!

Um dia feliz


Dois mundos no dia 5 de Outubro

Painel inspirado em pintores portugueses realizado pelos alunos da Escola Secundária da Quinta das Flores para a comemoração dos Cem anos da República
Exposto na Biblioteca Municipal, Casa da Cultura em Coimbra
Em especial para a MR e os republicanos do blog.

Álbum de Aguarelas de Enrique Casanova que retrata algumas salas do Palácio da Ajuda
Capa do álbum (pormenor)


«O álbum de aguarelas de Enrique Casanova, que retrata ao todo dezanove salas dos Paços Reais da Ajuda, Cascais e Sintra ao tempo de D. Luís I, é uma peça paradigmática para o Palácio Nacional da Ajuda. (...)». (Daqui)

Em especial para João Mattos e Silva e os monárquicos do blog.

Arte na rua -1

Flores para os professores

Il. de Stevan Dohanos para Saturday Evening Post, Indianapolis, 7 sept. 1946

No Dia Mundial do Professor para os professores do nosso blogue e para aqueles que nos visitam.

República: Memorabilia

Esta travessa estava há dias à venda na net.

Citações



(...) Basta ver as reticências com que António Costa conseguiu não se pronunciar sobre o cumprimento do seu mandato, e as cenas de faca e alguidar do último conselho nacional do PSD, para se perceber que estes dois pilares do " arco governativo " não estão muito preocupados com o destino do país. No meio da miséria e da falência o que preocupa é a ambição das quadrilhas domésticas, que o ódio, a inveja e o ressentimento transformaram num objectivo absoluto. A loucura tomou conta da República.

- Vasco Pulido Valente, no PÚBLICO de ontem.

Onde me apetecia estar



Era em Zamora, capital românica de Castela e Leão, onde há 870 anos se fez história. Mas vou estar em Santarém, a capital do gótico.

Bom dia !

Para MR

Dia da Fundação de Portugal - Tratado de Zamora de 5 de Outubro de 1143

Há 870 anos, pelo Tratado de Zamora, o rei de Leão e Castela reconheceu a independência do reino  de Portugal e a legitimidade de D. Afonso Henriques como seu primeiro rei. A monarquia portuguesa durou 767 anos, até ao golpe republicano de 1910, adaptando-se aos tempos para servir o País e o povo.
A maioria dos defensores do regime imposto em 1910 parece estar convencida de que Portugal nasceu em 1910 e que a Liberdade só passou a existir depois dessa data. Mas a Liberdade existe, no sentido que hoje lhe atribuímos, desde 1826, quando o Rei-Imperador D. Pedro outorgou a Carta Constitucional. O mesmo soberano que compôs o Hino da Carta, Hino Nacional de 1834 a 1910.


Boa noite!

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

A minha pilha de livros - 6

Lisboa: Abysmo, 2013

Nunca tinha lido nenhum livro de Carlos Querido, mas gostei bastante destas «peregrinações de D. João V às Caldas da Rainha», para alívio das suas maleitas. 
O narrador, Pedro Fontes, natural das Caldas da Rainha, é filho de um fidalgo e de uma lavadeira. Acompanha o infante D. Manuel, irmão de D. João V e conde de Ourém, e Manuel Teles da Silva, conde de Tarouca, numa viagem à Europa. Em Haia, ficam hospedados em casa de D. Luís da Cunha. E o resto saberá se ler o livro...

Ao fim da tarde


Coroações dos czares no Kremlin

Coroa de Monomakh
1.ª metade do século XIV

Pela primeira vez, os Museus do Kremlin apresentam em exposição cerca de 400 artefactos relacionados com as cerimónias de coroação dos czares, bem como com as festas realizadas no Kremlin entre os séculos XVI e XIX.
A exposição pode ser vista, em Moscovo, até 22 de janeiro de 2014.

Números : Entre Atenas e Esparta



245,3 km / 23h 29m 8s

A duração da ultramaratona grega Spartathlon, que liga Atenas e Esparta em quase 250 km, e o tempo demorado a percorrê-la pelo português João Oliveira, um guarda prisional de 36 anos, que a ganhou no passado dia 28 de Setembro e com duas horas de avanço sobre o segundo classificado.
Um herói português que merece todo o reconhecimento, apesar de não ser futebolista ...

Citações



E eis de volta o Valter Hugo, não pelos seus méritos ou deméritos literários mas pelas suas declarações públicas.  Se calhar até é capaz de ser verdadeira esta partilha do leito, ou estamos no reino do marketing ? Confesso que já nem sei muito bem o que pensar.

Bom dia !



Do segundo álbum, Dying is a Wild Night.

Caixas / carteiras de fósforos - 6

Doze caixas de fósforos com cães.

No Dia Mundial do Animal.

quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Boa noite!


Este bailado que não conhecia foi o meu serão de ontem. E claro que adorei.

Para manter a linha!

Marco Fabiano

A minha pilha de livros - 5

Desta vez não é um livro, mas uma revista. Eu nem sabia que o Nouvel Obs fazia números especiais. Este sobre os mestres do Impressionismo teve como motor a expo - aqui 'falada' - Paysages d'eau que terminou há dias. O que podemos encontra na revista? O Impressionismo como testemunha de uma época: os tempos modernos. Quadros de Caillebotte, Renoir, Seurat, Monet, Pissarro, Sargent, etc. - um deleite para a vista -, acompanhados de bons artigos.

Ernest-Ange Duez - L'heure du bain
Óleo sobre tela, 1894
Rouen, Musée des Beaux-Arts
Signac - Concarneau: Calme du soir
Óleo sobre tela, 1891
Nova Iorque, Met
Eugène Boudin - Scène de plage
Óleo sobre madeira, 1869
Madrid, Museu Thyssen

Com um agradecimento a APS.

Números

15

É o número de telenovelas que são exibidas, diariamente, nas 3 estações generalistas de televisão em Portugal : 6 na SIC e TVI, mais 3 na RTP.
Um dos motivos porque cada vez vejo menos televisão portuguesa. Abençoado cabo !

Humor pela manhã



Se uma mulher conduz um automóvel, isso pode ter efeitos fisiológicos negativos, como demonstram os estudos médicos, já que afecta os ovários e empurra a pélvis para cima.

- Declarou recentemente o xeique Aleh Al-Luhadain, justificando a continuada proibição das sauditas poderem guiar um carro.

Nós achamos graça, mas as mulheres sauditas lá continuam a sua luta para tentar revogar esta e outras proibições mais ou menos absurdas. O pior é que algumas das proibições até são justificadas pela " saúde e dignidade das mulheres "...

Quotidianos - 114

Amos Sewell - This car needs washing 
Ilustração para a capa de The Saturday Evening Post, 3 oct. 1953

O meu carro também precisa de uma grande barrela - exterior e interiormente. 

A música e o sagrado


Foto da semana



Hesitei entre esta e a da carruagem, que também já deu muito que falar, mas acabei por escolher esta em que a Dra. Maria, Primeira-Dama, atira com a pernoca para a frente e ainda mostra um bocadinho do sapatinho. Com tantos anos de protocolo, tantos actos oficiais, tanta acessoria, como é que ainda acontecem estes momentos? Foi há escassos dias, nas celebrações dos 40 anos de reinado de Carlos XVI Gustavo da Suécia.

Bom dia !



Agora que se celebram os 60 anos de carreira de Dame Shirley Bassey.

Com este maravilhoso filme sobre Lisboa

agradeço a Fraternidade e o Carinho dispensado, no dia 1 de Outubro.

 

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Vaticano


Não há dúvida que sopram novos ventos no Vaticano.
O Sumo Pontífice criticou os “cortesãos” do Vaticano e manifestou-se “anticlerical perante um padre demasiado clerical”. 
(cortesia do Google euronews)



Boa noite!

Bases de copos - 29


Domingo na BNP


Mini-livros - 19

Paris: Larousse, 2012
100x77 mm
Foi o único livro desta coleção que encontrei com 10 cm de altura; os outros tinham todos alguns milímetros a mais. Acho que não vou experimentar nenhuma destas receitas porque não gosto de cupcakes; alguns acho-os até repugnantes pelas cores: cremes azul turquesa...

Um quadro por dia




1906, Praia de Cascais.  Quem pintou esta aguarela? É fácil...

A arte do retrato



Horace Vernet ( 1789-1863 ), Louis-Philippe et ses fils à cheval devant la grille d'honneur du palais de Versailles, 1847, óleo sobre tela, encomendado para o então " Museu Histórico de Versalhes " e hoje parte do acervo do domínio de Versalhes e Trianon.

Esta tela do competente neto do grande Joseph porque a confundo sempre com outra, e porque li recentemente sobre ela. À frente, Luís Filipe, o Rei dos Franceses, e atrás os seus filhos : os duques de Orléans, Aumale, Montpensier e Nemours, e o Príncipe de Joinville.
E tenho que dizer que apesar da minha sempre constante simpatia pela legitimidade borbónica directa, é inegável que estes 5 filhos foram realmente uma " ínclita geração " : o patriotismo de todos, os feitos militares de uns e o talento artístico de outros.

Bom dia !



Liberace, agora regressado do olvido graças ao cinema, e o seu arranjo sobre este tema que todos conhecemos.

Cinenovidades : Philomena



Com muita vontade de ver o novo de Stephen Frears, com os meus queridos Judi Dench e Steve Coogan.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Boa noite!

Martin Johnson Heade - Orquídeas e beija-flor

Purcell em dia da música

No dia mundial da música deixo dois dos meus contra tenores favoritos 

Dia Mundial da Música


Parabéns, Jad

Um presente simbólico da famosa e requintada casa londrina Fortnum & Mason para o Jad, com votos de muitos parabéns!

Cinenovidades : Grace of Monaco



Com estreia mundial em Dezembro, mas este trailer não me aqueceu muito...

Quotidianos - 113

Maxfield Parrish - Homemaker reads a recipe book

Para o Jad

um grande abraço de parabéns e votos de felicidades e à espera por novas obras que nos enriquecerão



Esta semana, na " minha " livraria


Há BD, com dois grandes nomes do ramo.

Onde me apetecia estar



Não tinha de ser já hoje, mas precisava de uns dias na capela de Kastro, na ilha grega de Sifnos para pôr a cabeça em ordem e tomar algumas decisões.

Um quadro por dia


Jules Bastien-Lepage, Apanhando lenha, 1881, óleo sobre tela, Milwaukee Art Museum, EUA.

Logo que Outubro venha, procura lenha.

Biografias e afins



A apresentadora de televisão Fátima Lopes, que também escreve ( e muito vende ) virou-se agora para o filão das biografias históricas publicando Mães e filhas com História, e como as princesas vão vendendo lá estão as filhas do último czar na capa. Até aí, tudo bem, lê e compra quem quer. Agora, o que é extraordinário é esta frase retirada da página do Facebook da apresentadora :

Sem palavras ... Um momento que já mais esquecerei na minha carreira. Muito obrigada Professor Marcelo !

Até acredito que não tenha sido a apresentadora/escritora a escrevê-la, mas ela ainda lá está ...

Jamais pensei que fosse possível tanta inépcia no Português escrito...

Marcadores de livros - 110


Abstenção

«A abstenção é o alheamento, a indiferença, o desinteresse, a desistência e a resignação. Empobrece e enfraquece a democracia.»
Pedro Sousa Carvalho no Público, 1-10-2013

Parabéns Jad !



Aqui está um presente que me parece muito útil :). Um dia, e é claro o resto do ano, muito feliz !

Bom dia !

Parabéns, Jad!

Um dia muito feliz e muitos anos de vida!

... comme c'est l'oeil, à la fenêtre, 
devant la mer, devant le ciel, à la fenêtre,
contre l'air d'été, le soir...

Beckett 
(s/nº página in, António Ramos Rosa, Respirar a sombra viva)

Gerrit Dou (1613-1675), Detalhe de Homem a fumar cachimbo, c. 1650.
Rijksmuseum 
Uma tela que usa a magia da ilusão.

Neste chão
onde passam as palavras
se brilham
- de quem são?

António Ramos Rosa, "A Boca do Corpo" in Respirar a sombra viva. Lisboa: Plátano, 1975, p. 175.

Boa noite!

No Dia Mundial da Música e porque Patxi Andion vem cantar ao CCB no dia 8 de dezembro. Não deve ser a primeira vez que esta canção aqui aparece pois esta canción me gusta mucho.

Parabéns, Jad!

Dia feliz!

Jean Miélot no seu escritório. Des. de Jean Le Tavernier.
In: Jean Méliot - Miracles de Notre-Dame, ca 1456
Paris, BnF

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Quotidianos - 112

Capa de calendário para 2013

Números



11

centímetros : o aumento da estatura média dos homens europeus, de 1,67m para 1,78m, entre 1870 e 1980. Os portugueses continuam a ser os mais baixos da Europa do Sul.

Tão amado por uns quanto...



(...) Como explica os anticorpos que o Valter Hugo Mãe suscita pontualmente?

Não sei. Todos nós desenvolvemos as nossas irritações. E há pessoas que desenvolvem uma irritação comigo. Já recebi e-mails de gente a desejar a minha morte. Depois de ter estado no Jornal da Noite da TVI a ser entrevistado pela Judite de Sousa, recebi vários e-mails de profundo ódio, de gente que diz que lê livros, que os seus autores eram, por exemplo,o Eça de Queirós, e que eu e os autores da minha geração somos todos uns imbecis e não devíamos ter um segundo de audiência, que mais valia que morrêssemos...

( excerto da entrevista publicada na VISÃO )

Eu sabia que este escritor irrita muita gente, mas não calculava que a irritação ia tão longe. Nestes dias mornos da literatura portuguesa, ao menos há algo que agita as águas...

Humor pela manhã