Prosimetron

Prosimetron

quarta-feira, 30 de março de 2016

Marcadores de livros - 354


No dia em que Van Gogh nasceu há 163 anos.

«Procura compreender o que dizem os artistas nas suas obras-primas, os mestres sérios. Aí está Deus.»
Van Gogh

O que quer que deus signifique para cada um.

8 comentários:

APS disse...

163 anos, e ainda parece moderno... Lucian Freud, por exemplo, deve-lhe alguma coisa...
Bem bonitos, os marcadores.
Bom dia!

ana disse...

Muito bonitos.
Esta série de marcadores pintores/pintura são para mim dos mais bonitos e mais apreciados.
Bom dia. :))

MR disse...

Também gosto deles. Lá mais para a frente hei de colocar uns do mesmo editor, sobre Arte Nova.

Bom dia a ambos.

Isabel disse...

Bem...não consigo evitar: estou roída de inveja! Lindos! E é um dos meus pintores preferidos:)

Bom dia:)

MR disse...

:)
Bom dia!

maria franco disse...

São lindos!
Gosto muito da pintura de Van Gogh.
Tenho o livro "A vida de Van Gogh",
da Editorial Estúdios Cor, já muito
amarelo, pois o devia ter comprado
nos anos 60.Também confirmei que
o filme A vida aventurosa de V.Gogh
foi exibido em Portugal em 1957.
Desde muito nova que ia muito ao cinema
com o meu pai. Mas decerto que o devia
ter visto. E sempre me impressionou
a vida angustiada e infeliz deste
grande génio da pintura.
Boa noite e agradeço-lhe, sempre que
me proporciona algumas recordações.
Sou uma nostálgica.

MR disse...

E não viu o filme de Maurice Pialat em que Jacques Dutronc interpreta Van Gogh? Eu tive de ir duas vezes para ver o filme porque da primeira vez, lembro-me lindamente, tive uma crise de tosse, que tive de sair da sala. Se eu o encontrar no YouTube vou colocá-lo aqui.
Jacques Dutronc faz um papelão.
Boa noite!

Justa disse...

Preciosa serie de un pintor extraordinario, no reconocido en vida. No sé, si de saberlo, le consolarían los altos precios alcanzados por sus pinturas.
Siempre me encantó "La noche estrellada", pero con los años cada vez amo más lo simple, como esas flores de almendro, que me recuerdan la delicada pintura japonesa.

Unha aperta, Manuela. Disfruto un montón con tu blog.

Justa