Prosimetron

Prosimetron

sábado, 14 de maio de 2016

De um lugar onde não há sapos

Uma exposição-homenagem de Guilherme Parente a Bosch inaugura hoje na Galeria das Salgadeiras, às 19h00.


Um convite ao artista para revisitar e reinterpretar a obra de Bosch, nos 500 anos da sua morte. 
Guilherme parente volta à Galeria das Salgadeiras com uma série de obras inéditas que estarão patentes ao público até 2 de julho. «De um lugar onde não há sapos, esse símbolo do Mal tantas vezes evocado nas pinturas de Bosch, traz-nos uma série de ilusões fantásticas que aproximam, numa perspectiva mais de afectos e de sensibilidades do que a formal e estética, a pintura de Parente da de Bosch», como refere Ana Matos na folha de sala.

4 comentários:

Miss Tolstoi disse...

Tenho de ir às Salgadeiras. Gosto muito da pintura de Guilherme Parente e por esta amostra...
Bom fim de semana!

MR disse...

Também quero ir vê-la. :)
Bom fim de semana, igualmente.

APS disse...

Eis um sítio que os ciganos também gostarão de frequentar..:-)
Boa noite!

MR disse...

:)
Bom domingo!