Prosimetron

Prosimetron

terça-feira, 12 de junho de 2018

Leituras no Metro - 980

Barcarena: Presença, 2014

Já andava para ler este livro há um tempo. Entretanto uma amiga minha viu uma entrevista com Robert Harris e acho-o interessante, de modo que resolvi ler O oficial e o espião, romance histórico baseado no caso Dreyfus. Alfred Dreyfus foi acusado de ter vendido informações aos serviços secretos alemães, pelo que foi condenado e deportado para a Ilha do Diabo. 
O narrador é um oficial de nome Picquart, o qual vem a  descobrir  a inocência de Dreyfus. Um caso que dividiu a opinião pública francesa.

5 comentários:

Paula Lima disse...

Este está lá por casa e eu gostei muito de o ler. No entanto o meu favorito deste autor é o "Fatherland". O "what if" que está na base do romance é fabuloso.
Boa tarde

Miss Tolstoi disse...

Nunca li nada de Robert Harris. O tema é aliciante.

MR disse...

Paula Lima,
Gostei bastante deste livro. Vou então ler Fatherland (Pátria em português). Parece que foi sobre este romance que a minha amiga ouviu a entrevista. O argumento parte do pressuposto «E se Hitler tivesse ganho a II Guerra Mundial?»
Lembra-me um romance de Philip Roth de que gostei muito: A conspiração contra a América. Aqui não era Hitler era Lindbergh.

Bom dia para as duas.

Paula Lima disse...

MR
Se puder veja também o filme. Ele anda pelo canal de fimes da net.
Bom dia

MR disse...

Vou ver encontro, embora a minha lista de canais de cinema por cabo seja pequena.
Obrigada.