Prosimetron

Prosimetron

terça-feira, 22 de julho de 2008

Finalmente

Após 13 anos a viver foragido da Justiça , foi capturado num autocarro em Belgrado o antigo líder sérvio Radovan Karadzic, acusado de genocídio durante a guerra na Bósnia. Era quem faltava julgar para, pelo menos simbolicamente, se encerrar um negro capítulo da história dos Balcãs.
Psiquiatra e poeta, Karadzic é o símbolo vivo da liderança sérvia responsável pelos mais terríveis massacres ocorridos na Europa depois da IIª Guerra Mundial.

2 comentários:

Filipe disse...

Finalmente, dizes muito bem!

Miss Tolstoi disse...

A vida explica quase tudo: como psiquiatra era especialista em neurose e depressão; como poeta, segundo dizem porque nunca li (graças aos deuses!), versava temas obscuros e mórbidos.
Grande facínora!
Miss Tolstoi