Prosimetron

Prosimetron

domingo, 29 de julho de 2018

Humor (ou tristeza?) pela manhã



6 comentários:

bea disse...

Um bocadinho triste. Mas ainda não estou convencida que o livro se nos torne uma espécie de máquina a vapor. O livro é outra coisa. E no entanto...já não usamos o pergaminho.
O alcance da banda desenhada é tão extensível que nem apetece medi-lo. Felizmente, o meu mundo foi-se fazendo com os livros.

ana disse...

Haaaa, Haaaa, muito boa...

Contudo, não consigo ler no tablet.
Bom domingo!:))

MR disse...

Ler na net só alguma coisa que não consiga em papel. Se tenho de ler alguma coisa mais extensa, imprimo.
Bom dia para as duas.

Isabel disse...

Ah!Ah!Ah!
Mas eles vão aprender a gostar de livros, quando o computador lhes falhar!

Nunca li nenhum livro no computador e mesmo papéis, só se for pouca coisa. Gasto uma pequena fortuna por ano lectivo, em tinteiros, porque imprimo tudo (sei que é errado, por causa do gasto de papel, mas não consigo ler de outra forma. Não me concentro).

Bom domingo:)

Paula Lima disse...

Serão sempre os nossos melhores amigos! Quando em transportes públicos já conto numa só mão quem vá a ler um livro, numa carruagem cheia 😐

MR disse...

Isabel,
Pois para ler no computador só pequenas coisas... Conheço miúdos que leem e há mais gente a ler nas escolas do que no meu tempo. Até porque há bibliotecas abertas. Só num liceu que frequentei é que havia biblioteca com monos e fechada. Tinha de se meter um requerimento para a abrirem.

Paula,
Mesmo assim acho que há mais gente a ler no Metro do que há uns anos.

Boa semana para as duas.