Prosimetron: termo grego que designa a mistura de prosa e verso.

quinta-feira, 17 de julho de 2008

3x17 de Julho: Morte de Nicolau II, Czar de todas as Rússias, e da sua família (1918, 1998 e 2008)

Fotografia da família Imperial, 1911, Museu do Hermitage, São Petersburgo


O Czar Nicolau II, a Czarina Alexandra, as suas quatro filhas (Olga, Tatiana, Maria e Anastasia) e o Czarevich Alexei foram mortos a 17 de Julho de 1918, pelo governo Bolshevique, aparentemente sob ordens de Lenine.

Nicolau II foi considerado pela revista Forbes a 3ª pessoa mais rica da história. O seu reinado (1896-1917) foi marcado pelas revoltas (pogroms) anti-semitas de 1903-1906, pela clamorosa derrota contra o Japão na Guerra Russo-Japonesa de 1905, pela Revolução de 1905 em que os militares dispararam contra manifestantes, matando e ferindo centenas (o Domingo Sangrento, como ficou conhecido, ocorreu a 22 de Janeiro de 1905), pela influência de Rasputin e pelas sucessivas derrotas contra as Potências Centrais (os Impérios Alemão, Austro-Hungaro e Otomano e a Bulgária) durante a I Guerra Mundial.

Com a Revolução de Fevereiro, Nicolau II é forçado a abdicar (Março de 1917); o primeiro governo a reconhecer o regime revolucionário é o do Estados Unidos da América.

Exilados pelo Governo de Kerensky em Agosto, a Revolução Bolshevique de Outubro desloca a família em Abril/Maio para outra localização. Executados secretamente (aparentemente por indicação de Lenine), os seus corpos só foram encontrados em 1991 (os dois últimos foram encontrados carbonizados a 30 de Abril deste ano - a confirmação foi dada ontem pelas autoridades russas, 90 anos após a sua morte).

A 17 de Julho de 1998, foi conduzida uma cerimónia de funeral cristão, com os restos mortais encontrados colocados na Catedral de S. Pedro e S. Paulo, em São Petersburgo.

A 14 de Agosto de 2000, o Czar e a sua família foram canonizados como santos pela Igreja Ortodoxa Russa.

Por incrível que pareça, está a decorrer na Rússia a eleição do "maior russo de sempre"; esta semana, Nicolau II ocupou o 1º lugar, tendo destronado José Estaline que liderava as preferências até à semana passada.

1 comentário:

LUIS BARATA disse...

O próprio dia do casamento com Alix de Hesse-Darmstadt foi um mau presságio com milhares de pessoas a morrerem esmagadas ao ser distribuído dinheiro e alimentos...
O casamento trouxe a hemofilia do herdeiro e a doença trouxe Rasputine à corte e sempre tudo a piorar...
A genética, por vezes, pesa muito.